Topo

Game of Thrones


Game of Thrones: George R.R. Martin lamenta que ficou tão famoso

George R.R. Martin - Christopher Polk/NBC/Getty Images
George R.R. Martin Imagem: Christopher Polk/NBC/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/08/2019 17h06

George R.R. Martin, criador do mundo fantástico de Game of Thrones, lamentou o preço da fama em entrevista recente ao The Guardian. O escritor disse que sente falta da época em que conseguia viver de forma anônima, e disse que sua vida pessoal acabou alterada pelo sucesso da série da HBO.

"Eu não posso mais ir a uma biblioteca, e isso era a coisa que eu mais gostava no mundo. Vasculhar cada prateleira, pegar alguns livros, ler um pouco, sair carregado de coisas das quais nunca tinha ouvido falar antes de chegar", lembrou o autor.

"Agora, quando chego a uma livraria, sou reconhecido em 10 minutos e junta uma multidão. Então você ganha muito [com a fama], mas também perde muitas coisas", contou. "Eu não quero ir a uma festa onde diversas pessoas querem tirar selfies. Isso não é legal como era antes".

Ele acrescentou que o final do show foi uma libertação. "Eu não acho que [a série] foi muito boa para mim", disse ele. "A mesma coisa que deveria ter me acelerado, na verdade, me atrasou. Todos os dias eu me sentava para escrever, e mesmo que tivesse um bom dia ... me sentiria mal porque estaria pensando: "Meu Deus, tenho que terminar o livro. Eu só escrevi quatro páginas quando deveria ter escrito 40.'"

Os Ventos do Inverno e Um Sonho de Primavera, os dois livros que faltam para encerrar a saga As Crônicas do Gelo e Fogo, ainda não têm data de lançamento.

Mais Game of Thrones