Topo

João Gordo é internado em UTI com pneumonia e cancela shows do Ratos de Porão

O cantor e apresentador João Gordo - Lucas Lima/UOL
O cantor e apresentador João Gordo Imagem: Lucas Lima/UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

10/08/2019 13h17

João Gordo está desde quinta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital São Camilo, zona oeste de São Paulo, com quadro grave de pneumonia. É a segunda internação do cantor e apresentador em dois meses. Por causa da saúde, ele precisou cancelar todos os shows do Ratos de Porão até o fim do ano, incluindo uma turnê na Europa.

"O restante da agenda dependerá do estado de saúde do artista", informou a assessoria de imprensa do Ratos de Porão. Os próximos três shows, em Ourinhos (SP), hoje, Goiânia, amanhã, e Fortaleza, no próximo sábado, serão mantidos com o guitarrista Jão nos vocais.

Segundo a mulher de João Gordo, Vivi Torrico, o cancelamento da turnê foi necessária para que João não se apressasse a voltar aos palcos, como aconteceu após a primeira internação. Ele soube que poderia retornar em 40 dias, mas ainda não estava 100% e reclamou da saúde durante o show no Sesc Pompeia, na última semana.

"O quadro dele ainda é grave, mas não corre risco de morte. Até ontem, tinha falta de ar e febre. Ficou um pouco abalado emocionalmente, porque teve que cancelar os shows. Parece uma decisão radical, mas optamos por fazer isso para não ter nenhum tipo de pressão para ele voltar", afirma Vivi ao UOL.

Nos últimos dias, João Gordo teve gripe e falta de ar. O cantor de 55 anos chegou a desmaiar, mas o quadro de saúde melhorou com o auxílio médico da UTI do hospital onde está internado.

"Para mim e para os meus filhos, foi um alívio estar com ele no hospital. Nosso maior medo era de que ele caísse e perdesse a consciência sem ter alguém por perto. Os médicos foram maravilhosos e os enfermeiros são uma piada, adoram o João. O quadro é sério, mas isso alivia o tom dramático", diz a mulher de João Gordo.

Rock