PUBLICIDADE
Topo

De princesa a rainha da ação: Como Vanessa Kirby foi de The Crown para Hobbs & Shaw

Vanessa Kirby é Hattie em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw - Divulgação
Vanessa Kirby é Hattie em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw
Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Do UOL, em São Paulo

30/07/2019 04h00

"Sua irmã está entre as mulheres mais fortes e capazes que eu já encontrei", diz Luke Hobbs (Dwayne Johnson) ao parceiro Deckard Shaw (Jason Statham) em uma das cenas do trailer de Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw, filme derivado da franquia de ação que chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira (1º). Ele está falando de Hattie, personagem da atriz Vanessa Kirby na trama.

Hattie é agente do serviço secreto britânico, e chega para garantir que os dois protagonistas, sempre trocando farpas entre si, se concentrem em salvar o mundo das garras do vilão Brixton (Idris Elba). "Hattie é bem durona", diz Kirby sobre a personagem. "Hobbs e Shaw não se entendem. Ela entrou para a equipe porque precisavam de alguém para de fato cumprir a missão. Eu achei uma experiência bem divertida".

Não é o primeiro blockbuster de ação da atriz londrina de 31 anos. No ano passado, ela contracenou com Tom Cruise em Missão Impossível: Efeito Fallout, interpretando uma letal e misteriosa contrabandista conhecida como Viúva Branca. É um rumo curioso para a estrela que foi descoberta pelo público em The Crown, encarnando um dos papéis mais distantes de uma heroína de ação que podemos imaginar: a Princesa Margaret, irmã rebelde da Rainha Elizabeth 2ª (Claire Foy).

Vanessa Kirby como a Princesa Margaret em The Crown - Reprodução - Reprodução
Vanessa Kirby como a Princesa Margaret em The Crown
Imagem: Reprodução

Uma princesa marcante

Quem assistiu à performance de Kirby em The Crown sabe do enorme potencial dramático da atriz. A Princesa Margaret, sempre envolvida em conflitos amorosos e alvo da inveja da irmã tanto por sua (relativa) liberdade quanto por seu carisma natural, se tornou um dos destaques das duas primeiras temporadas da série. No terceiro ano, em que todo o elenco principal será trocado, a personagem será vivida por Helena Bonham Carter.

Nas mãos de Kirby, Margaret era uma mulher de emoções apropriadamente à flor da pele, um contraste radical com a performance contida e cerebral de Claire Foy. O sucesso da série e da personagem rendeu à atriz uma indicação ao Emmy e duas ao BAFTA (o maior prêmio da indústria britânica), incluindo uma vitória neste último em 2018.

O curioso, mesmo, foi o quão rápido Kirby fez o pulo desta estreia dramática sob os holofotes para os papéis de "mulher fatal" nos filmes de ação. Missão Impossível foi o seu primeiro projeto após a saída de The Crown, e um sucesso incontestável (com US$ 791 milhões de bilheteria mundial, é o mais lucrativo da franquia) que a colocou no mapa de estrelas de Hollywood definitivamente.

Vanessa Kirby como a Viúva Branca em Missão Impossível: Efeito Fallout - Reprodução - Reprodução
Vanessa Kirby como a Viúva Branca em Missão Impossível: Efeito Fallout
Imagem: Reprodução

Força e elegância

Hobbs & Shaw é a aposta dela para consolidar essa imagem de durona. Enquanto o papel da Viúva Branca exigia que ela fosse elusiva e sedutora, como Hattie ela parece ter construído uma personagem mais adepta da força bruta. Com sua presença de cena aristocrática, no entanto, Kirby empresta também certa elegância a essa agente secreta muito eficiente.

O resultado é que acreditamos que essa mulher pode agir de igual para igual com os personagens brutamontes de Dwayne Johnson e Jason Statham. É claro que ela segue uma longa linha de mulheres poderosas na franquia Velozes & Furiosos, todas descendentes diretas da Letty de Michelle Rodriguez, a "garota durona" preferida de Hollywood.

Hattie parece uma herdeira digna deste manto no primeiro spin-off da franquia. Entre os projetos da atriz para os próximos anos, destaque para a ficção científica StarDream, no qual vai interpretar uma mulher que acorda, graças a uma falha técnica, no meio de uma viagem espacial programada para durar séculos. Se alguém é capaz de sair dessa, é Vanessa Kirby.