Topo

Filmes e séries


Filme sobre eleição de Bolsonaro recebe aprovação da Ancine para captar R$ 530 mil

Reprodução
Imagem: Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

24/07/2019 16h50

O filme Nem Tudo se Desfaz, do cineasta Josias Teófilo (O Jardim das Aflições), foi autorizado pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) a captar R$ 530 mil para sua produção. A autorização foi publicada no Diário Oficial do dia 31 de maio e confirmada pela assessoria de comunicação da entidade por e-mail ao UOL.

O projeto anunciado pelo diretor nas redes sociais com o título Nem Tudo se Desfaz foi registrado inicialmente na agência como Sinfonia Nº 2 e poderá captar o valor através do Artigo 1º A da Lei do Audiovisual (Fomento Indireto).

"Vale lembrar que essa aprovação não significa que a Ancine está aportando recursos no projeto. Ela representa somente um reconhecimento de que ele reúne as condições para buscar recursos junto a empresas e instituições no mercado", diz comunicado da Ancine, que ainda aponta que o projeto ainda não captou nada do valor.

A seleção e curadoria dos projetos são feitos pelas empresas dispostas a investir os recursos em troca de benefícios fiscais.

Ontem, no Twitter e no Facebook, Josias Teófilo falou sobre o projeto. "O meu filme, Nem Tudo se Desfaz, não é sobre Bolsonaro, mas sobre as causas da eleição de Bolsonaro, que, na narrativa do filme, remontam a 2013. E nunca ouvi falar que a Lei do Audiovisual seja exclusiva para esquerdistas", escreveu.

No perfil do filme, também no Twitter, a sinopse diz que se trata de um "documentário ensaístico sobre os desdobramentos políticos das Jornadas de Junho de 2013 que culminaram na eleição de Jair Bolsonaro".

Filmes e séries