Topo

San Diego Comic-Con


Supernatural: Choro e sorteio de carro na despedida da série na Comic-Con

Jensen Ackles e Jared Padalecki se emocionam no painel de Supernatural na Comic-Con -  Albert L. Ortega/Getty Images
Jensen Ackles e Jared Padalecki se emocionam no painel de Supernatural na Comic-Con Imagem: Albert L. Ortega/Getty Images

Renan Martins Frade

Colaboração para o UOL, em San Diego

21/07/2019 16h05

Cerca de 7.500 pessoas se reuniram hoje na San Diego Comic-Con para uma celebração. O Hall H do evento recebeu o painel da 15ª e última temporada da série Supernatural, e o clima entre produtores, atores e o público foi de nostalgia. O objetivo ali era agradecer os responsáveis por um sucesso tão longevo: os fãs.

O painel não decepcionou. Começou com um "thank you" no telão, seguido por um vídeo recapitulando cada uma das temporadas da série - embalado ao som de músicas como The Reaper (da banda Blue Öyster Cult), Bad Moon Rising (Creedence Clearwater Revival) e Carry on Wayward Son (Kansas), essa última transformada pelos fãs em um hino de Supernatural. O público acompanhou tudo vibrando a cada acontecimento - ou sussurrando, bem baixinho, as letras das canções.

Destaques do painel de Supernatural na San Diego Comic-Con

UOL Entretenimento

"É uma sensação estranha estar aqui, fico sentindo como se estivesse entrando e saindo do meu corpo", resumiu Jared Padalecki, um dos protagonistas da produção. "Sam Winchester não irá embora, vai ser parte de mim para sempre".

"Estou me sentindo nervoso, nunca senti isso antes. Mas é bom se sentir assim", completou Jensen Ackles, intérprete de Dean Winchester. "É muito difícil explicar a experiência. Quinze anos, é muita coisa. Esse cara [Padalecki] estava com 20 e poucos anos. Mudamos a nossa vida para Vancouver, para fazer uma temporada, quem sabe duas. Apertamos o play, a vida não parou, e estou agradecido porque nunca houve um pause. É a experiência de uma vida".

"Nós do elenco nos tornamos amigos para a vida toda", disse Misha Collins, que vive o personagem Castiel. "Eu nunca poderia imaginar que estaria junto à esses fãs incríveis e esse legado icônico da série. É uma grande honra fazer parte disso". "Espero que esse fandom continue funcionando como uma família, após o final da série", pediu Collins. "É uma família que eu acho que não vai acabar".

Tamanha a importância dos fiéis espectadores que os produtores trouxeram um prêmio para um deles: foi sorteado uma réplica exata da Baby, o Chevrolet Impala 1967 preto que é a marca registrado de Dean Winchester. O carro foi encontrado em ferro velho e restaurado pelo mesmo time que cuida dos carros de Supernatural - são diversos automóveis idênticos que se alternam em cena.

Choro dos protagonistas

Lançado em 2005, Supernatural se tornou um dos mais longevos dramas da TV americana, misturando em um mesmo caldeirão elementos de terror, ação, aventura, sci-fi e humor - em um trabalho de um grande time nos bastidores, que também são o motivo do sucesso da série e receberam agradecimentos do elenco.

"São oito dias de gravação muito duros [para cada episódio]. Antes disso, tem a pré-produção, roteiros, conceituação, muita coisa que acontece, que envolve muita gente talentosa para dar a vocês o melhor produto que podemos fazer", explicou Padalecki. "E eu estou muito orgulhoso desse produto. Depois de tanto tempo, em uma série, sentir amor verdadeiro pelo que fazemos e ficar orgulhoso é, no final do dia, é o que eu procuro. É o legado pelo qual estou orgulhoso. Saber que eu fiz o meu melhor, que todos nós fizemos. Obrigado a todos por isso"

Agora vem a última temporada, que estreia nos EUA em 10 de outubro. No painel não foi divulgado um teaser, cenas ou trailer. Quando o painel foi aberto a perguntas do público, um fã questionou se Padalecki queria aproveitar o último ano para fazer algo que ainda não não teve a oportunidade. "Não. Já me sinto honrado pelo que fiz".

Havia, sim, uma coisa que eles não queriam fazer, mas acabaram falhando nesse objetivo. "No backstage, prometemos que não iríamos chorar", revelou Collins. "Mas claramente estávamos mentindo para nós mesmos. "Eu amo vocês".

A essa altura, os olhos de Jared Padalecki e Jensen Ackles estavam marejados. Um choro dividido entre os irmãos Winchester e boa parte dos fãs presentes no Hall H.

Quer ler mais sobre o mundo geek e conversar com outros fãs? Participe da nossa página no Facebook! Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Geek.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado inicialmente, o Chevrolet Impala 1967 preto é marca registrada de Dean Winchester, e não Sam. O conteúdo foi corrigido.

San Diego Comic-Con