Topo

Terror

Tudo o que você precisa saber sobre filmes, séries e livros de horror


Boneca demoníaca de verdade? Os bastidores assombrados de Annabelle 3

Pôster do filme Annabelle 3: De Volta Para Casa - Divulgação
Pôster do filme Annabelle 3: De Volta Para Casa
Imagem: Divulgação

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

28/06/2019 12h00

Novo capítulo da saga da boneca mais assustadora do cinema, Annabelle 3: De Volta Para Casa já está nos cinemas prometendo muitos sustos. Mas os bastidores do filme foram mais assustadores do que qualquer coisa que você vai ver nas telonas.

De pianos que se mexem sozinhos a quedas bruscas de energia, as filmagens deram calafrios no elenco e produção -- com experiências que muitos não conseguem até agora explicar.

É o caso da pequena Mckenna Grace, que faz a filha dos investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Famiga, respectivamente). A menina de 12 anos contou que acordou um dia com um corte estranho na cabeça.

"Eu fiquei desesperada e com mais medo ainda porque o diretor Gary Dauberman disse que eu fui abduzida por alienígenas, e comecei a pesquisar [sobre o tema]. Eu literalmente pensei que os ETs tinham me pegado", contou a menina ao TheWrap. Para piorar, quando ela estava falando com o diretor, um carro com um adesivo de alienígena passou na frente deles.

Primeira imagem oficial de "Annabelle 3: De Volta para Casa" - Divulgação/Warner Bros.
Primeira imagem oficial de "Annabelle 3: De Volta para Casa"
Imagem: Divulgação/Warner Bros.

E olha que esse foi o incidente mais tranquilo, garantiu a menina. McKenna disse que quando todos se reuniram pela primeira vez para gravar as luzes se apagaram e elenco e produção começaram a perguntar: "Annabelle, é você?". Assim que as luzes se acenderam, o nariz da atriz estava sangrando muito.

Um padre foi chamado ao set

Os filmes do universo Invocação do Mal contam com uma tradição: um padre é chamado para benzer o set de filmagens. Desta vez, não foi diferente. "Ele entrou no quarto dos artefatos com seu tablet e começou a ler a Bíblia, jogando água benta pelos corredores. Foi muito legal de ver", contou McKenna. "Ele me abençoou junto com Madison [Iseman] e Katie [Sarife]".

Ainda assim, mais fenômenos inexplicáveis rolaram durante as gravações do filme. Segundo anotações da produção, um piano na sala de artefatos se moveu sozinho inúmeras vezes. Detalhe: a sala estava trancada. Um jornalista que visitou as filmagens também passou por um caso estranho, em que seu relógio adiantou horas e quando saiu do local estava tudo conforme a normalidade.

Mas foi Grace quem mais sofreu nesta história inteira. "Eu comprei uma câmera e comecei a tirar de fotos de todo mundo. E toda vez que ia tirar foto da Annabelle, ela saía totalmente escura. Testamos com outra câmera e foi a mesma coisa. Eu tirei ainda uma outra Vera e Patrick. Ele estava usando uma cruz do filme, e a foto ficou com uma marca escura envolta da cruz".

Quer mais um caso? Em uma das cenas, a atriz estava caminhando por um corredor quando ouviu três batidas na parede. "As câmeras estavam gravando, então continuamos. No primeiro Invocação do Mal, três batidas significam a santíssima trindade: pai, filho e espírito santo. Nós abrimos a porta e a Annabelle estava em uma cadeira de balanço. Pensamos que fosse brincadeira. No outro take, ela não estava mais lá".

Traumas de Invocação do Mal?

Vera Famiga e Patrick Wilson em cena de "Invocação do Mal" - Divulgação
Vera Famiga e Patrick Wilson em cena de "Invocação do Mal"
Imagem: Divulgação

Os filmes da saga Invocação do Mal ficaram famosos pelos bastidores assustadores. Patrick Wilson contou ao The Independent que crianças apareciam misteriosamente com machucados durante as gravações e que presenciou as cortinas se mexerem sozinhas.

Já Vera Famiga revelou que enquanto trabalhava na trama mórbida passou a acordar todo dia às 3h da manhã (mais conhecida como a "hora do diabo"). A atriz também contou que algo estranho aconteceu com seu computador: a tela de seu laptop subitamente apareceu com uma marca do que seriam três garras.

Assim que as gravações de Invocação do Mal terminaram, as coisas deveriam voltar ao normal, certo? Errado. Um dia depois de se despedir do set, Farmiga disse que acordou com uma marca de três arranhões em sua coxa.

Uma locação muito popular entre os fãs do filme, o quarto dos Warren reunia diversas peças envolvidas com atividades paranormais. De acordo com o produtor Rob Cowan, um item simplesmente mudava de lugar constantemente sem ninguém mexer. Era um porquinho de madeira. "Ele aparecia aqui e, de repente, estava em outro lugar. Aí do nada voltava para cá", explicou.

Mais Terror