Topo

Thom Yorke lança álbum solo Anima, acompanhado de curta excêntrico na Netflix

Reprodução/Netflix
Imagem: Reprodução/Netflix

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

27/06/2019 08h15

O músico Thom Yorke, líder do Radiohead, lançou hoje seu novo trabalho solo, Anima. E, além de disponibilizar o áudio nas plataformas digitais, ele também soltou um curta-metragem na Netflix, ambos em tom de muita experimentação, sonora e visual.

Anima, o disco, tem 9 faixas e 47 minutos de duração e aposta bastante em tons eletrônicos, distanciando o trabalho de Yorke com o que se vê quando ele trabalha com banda no Radiohead.

O curta da Netflix, de 15 minutos, é dirigido por Paul Thomas Anderson e mostra Yorke e uma série de atores dentro de um metrô, executando uma coreografia no mínimo excêntrica. Eles deixam o vagão e caminham - e dançam - por uma cidade, sempre com coreografias e interações incomuns.

Este é o terceiro disco solo de Yorke, que lançou The Eraser em 2006 e Tomorrow's Modern Boxes em 2014. Ele deve sair em turnê pela América do Norte e Ásia para promover Anima.

O disco foi produzido em parceria com Nigel Godrich, que já trabalhou com Beck, Paul McCartney, U2 e R.E.M., entre outros. Yorke conta que passou por um período de bloqueio criativo e ansiedade antes de compor o álbum, mas que se inspirou no artista Flying Lotus e seus loops de improviso para escrever suas novas canções.

Mais Rock