Topo

Geek


Youtuber Etika é encontrado morto aos 29 anos

Reprodução
O youtuber Etika Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

2019-06-25T16:24:48

25/06/2019 16h24

Desmond Almofah, mais conhecido no YouTube como Etika, foi encontrado morto ontem à noite no East River, após permanecer desaparecido por quase uma semana, informou o Departamento da Polícia de Nova York.

As autoridades confirmaram o desaparecimento do youtuber 36 horas após ele gravar um vídeo de oito minutos falando sobre pensamentos suicidas. O vídeo foi retirado do ar por violar as diretrizes da empresa.

No último sábado, dia 22, a polícia encontrou pertences de Desmond na ponte de Manhattan, informou o New York Post.

Etika, 29 anos, ganhou fama no YouTube principalmente por gravar vídeos relacionados a games da Nintendo e acumulava mais de 130 mil seguidores. Porém, nos últimos 10 meses, seu comportamento foi preocupando tantos os fãs quanto a própria plataforma.

Em outubro de 2018, ele compartilhou pornografia em um vídeo, uma clara violação para o YouTube, comentando que era "hora para morrer" após ter sua conta desativada.

Já em abril, ele fez uma live sendo detido pela polícia após postar no Twitter fotos segurando uma arma. A polícia de Nova York disse na ocasião que ele tinha "ameaçado se suicidar no apartamento" e tinha um histórico de doenças mentais.

No mês seguinte, ele agrediu um policial e foi enviado a um hospital, segundo sua ex-namorada Alice Pika.

Etika tinha muitos fãs brasileiros, que prestaram uma última homenagem ao youtuber:

O CVV - Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Basta ligar no 188.