Topo

Geek


Outro Sr. Miyagi e golpes de verdade: 10 curiosidades nos 35 anos de Karatê Kid

Reprodução
Ralph Macchio e Pat Morita em cena de "Karatê Kid: A Hora da Verdade" Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

2019-06-22T04:00:00

22/06/2019 04h00

Karatê Kid: A Hora da Verdade chegou aos cinemas norte-americanos há exatos 35 anos e ainda hoje é considerado um clássico.

O filme, dirigido por John G. Avildsen e escrito por Robert Mark Kamen, conta a história de um jovem lutador chamado Daniel (Ralph Macchio) e sua jornada para se transformar em um especialista em caratê.

Para isso, ele precisa da ajuda de um experiente mestre, que o ensina muito mais do que artes marciais.

Pat Morita, o eterno Sr. Miyagi, foi indicado ao Oscar na categoria ator coadjuvante e o papel marcou sua carreira, assim como a de Ralph, que atualmente continua a história de Daniel na série Cobra Kai.

O filme, lançado em 1984, traz muitos detalhes curiosos que poderiam até modificar completamente o popular enredo. Descubra a seguir curiosidades sobre Karatê Kid: A Hora da Verdade.

O carro ficou com Ralph

O famoso carro amarelo visto no filme, que Daniel é obrigado a polir, foi entregue pelos produtores do filme a Ralph Macchio -- e ele ainda guarda o veículo com o maior carinho. O carro em questão é um Ford Super Deluxe, fabricado em 1948. Quem também guarda uma recordação do filme é William Zabka. O ator revelou que a icônica jaqueta vermelha usada por Johnny Lawrence ficou com ele.

Reprodução
Cena de Karatê Kid: A Hora da Verdade Imagem: Reprodução

Sr. Miyagi bêbado quase não rolou

Muita gente da Columbia Pictures não gostou da cena em que Sr. Miyagi fica bêbado. O argumento dos executivos era que o momento iria quebrar o ritmo do filme, e que isso não seria positivo para os espectadores. Quem bateu o pé para manter o roteiro foi o diretor John G. Avildsen, que acredita que por essa cena o ator Pat Morita conseguiu uma indicação ao prêmio máximo do cinema.

Influência para viver Sr. Miyagi

Pat Morita se baseou no mestre de caratê Fumio Demura para viver o experiente lutador. O ator passou muito tempo com Fumio, que foi seu dublê nas cenas de ação do filme, e tentou traduzir não apenas a atitude dele dentro das artes marciais, mas também seus trejeitos e discursos.

Reprodução
Cena de Karatê Kid: A Hora da Verdade Imagem: Reprodução

Porrada real

Quando Daniel é salvo por Miyagi na luta contra o grupo de "esqueletos", o dublê Fumio Demura não poupou em mostrar suas técnicas. Tanto que o momento foi gravado diversas vezes, porque os figurantes reclamavam que o especialista estava batendo forte demais. Por fim, Demura sugeriu que seus alunos fizessem a cena e tudo ocorreu sem problemas.

Outro Sr. Miyagi

Quase que Pat Morita não fica com o papel de Sr. Miyagi. Segundo o diretor, Toshirô Mifune foi ótimo nos testes feitos antes da produção. A escolha por Pat foi que Toshirô interpretou uma versão muito mais séria do personagem, praticamente um dos samurais que ele viveu em diversos clássicos de Akira Kurosawa, como Os Sete Samurais e Yojimbo, O Guarda-Costas. Mesma situação ocorreu com o ator japonês Mako, mas ele decidiu focar em sua participação no filme Conan, O Bárbaro.

Já vi esse nome antes

Karatê Kid é o nome de um personagem de quadrinhos. A DC Comics deu permissão para a Columbia Pictures usar o nome no filme. No fim dos créditos há um agradecimento especial para a editora.

Reprodução
O Karatê Kid da DC Comics Imagem: Reprodução

Medalha especial

A Medalha de Honra que Miyagi tinha era a maior condecoração militar entregue pelo governo dos Estados Unidos. Na vida real, o 442º regimento de combate foi formado por nipo-americanos e conquistou 21 Medalhas de Honra, 560 Estrelas de Prata, 4 mil Estrelas de Bronze e quase 10 mil Purple Hearts.

Outros Daniels

Ralph Macchio encontrou o trabalho de sua vida em Karatê Kid, mas outros atores famosos poderiam ter ficado com a vaga, como Charlie Sheen. Na época com 19 anos, o protagonista de Two and a Half Man acabou recusando o papel. Quem também ficou no páreo foi Sean Penn, que não entrou no filme porque estava em busca de produções com temáticas mais adultas.

Reprodução
Cena de Karatê Kid: A Hora da Verdade Imagem: Reprodução

Trauma?

William Zabka, o Johnny, já declarou que seu personagem irritou muita gente -- e ele acabou sofrendo com isso. Várias pessoas já quiseram atacá-lo como forma de vingança e ele foi obrigado a convencê-los de que o personagem foi escrito apenas para o filme e que ele era completamente diferente do que as pessoas viram em Karatê Kid.

Arte imita a vida

Segundo o produtor Jerry Weintraub, a ideia para o filme surgiu após ouvir uma notícia em 1983 de um garoto que sofria bullying na escola se transformou em um mestre das artes marciais.