Topo

Angra cancela show em São Paulo após morte de Andre Matos e faz homenagem

Divulgação
Andre Matos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

2019-06-08T18:46:59

08/06/2019 18h46

O Angra cancelou o show que faria hoje no Temple Music, em São Paulo, após o anúncio da morte do ex-vocalista e um dos fundadores da banda, Andre Matos. O músico de 47 anos morreu hoje, vítima de um ataque cardíaco, segundo amigos.

"Em respeito ao falecimento do co-fundador do Angra, Andre Matos, decidimos cancelar a apresentação de hoje. Não faria sentido subir ao palco para tocar enquanto choramos pela perda do nosso companheiro de jornada, a quem devemos grande parte de nossa história", diz o comunicado divulgado pela banda em suas redes sociais.

O Angra informa ainda que subirá ao palco da casa de eventos, mas para uma homenagem ao ex-vocalista. "O legado de Andre se confunde com o do Angra, e por isso vamos, sim, subir ao palco do Templo Music hoje, mas somente para homenageá-lo e lembrar de sua importância na história de cada um de nós, que vive o heavy metal diariamente. Neste dia, nossos instrumentos se calam em luto."

O show foi remarcado para o dia 28 de julho no mesmo local e, segundo o comunicado, quem for à homenagem de hoje poderá também assistir à apresentação na nova data. Quem preferir poderá ser reembolsado nos mesmos locais onde adquiriu o ingresso.

Andre Matos fez parte da formação do Angra, no início da década de 1990, com Kiko Loureiro (guitarra), Ricardo Confessori (bateria) e Luis Mariutti (baixo). A banda gravou alguns dos discos de maior sucesso do metal brasileiro, como Angels Cry (1993) e Holy Land (1996) e excursionou pelo mundo inteiro.

Andre deixou a banda após uma série de problemas empresariais e financeiros. Ao lado de Confessori e Luis Mariutti fundou o Shaman. Rafael e Kiko continuaram com o nome do grupo. Em um texto que lamenta a morte de Andre, o baixista Felipe Andreoli disse que a banda preparava uma reunião para celebrar os 30 anos de trajetória.

"Estava muito animado com a perspectiva de, num futuro próximo, dividir o palco com ele e os demais na celebração de 30 anos do Angra. Essa possibilidade foi tirada de nós, dos fãs e de todos que tiveram suas vidas tocadas por ele e sua música", escreveu.

Mais Rock