Topo

Amigos lamentam morte de Andre Matos, ex-vocalista do Angra, aos 47 anos

Do UOL, em São Paulo

08/06/2019 15h46Atualizada em 09/06/2019 07h26

Amigos. ex-companheiros de banda e fãs lamentaram hoje a morte de Andre Matos, ex-vocalista e um dos fundadores da banda de metal Angra, aos 47 anos. O músico foi vítima de um ataque cardíaco, segundo amigos.

Também ex-integrantes do Angra, o baterista Ricardo Confessori e pelo baixista Luis Mariutti divulgaram uma nota em nome de toda equipe em que se despedem de Andre. Os músicos estavam atualmente em uma turnê de reunião com o Shaman, banda que o vocalista assumiu após romper com o Angra em 2000.

"O destino nos uniu, nos separou, nos reuniu e agora pregou mais essa com a gente. É com profunda dor em nossos corações que nos despedimos do Andre mais uma vez, desta vez de forma definitiva. Além da ferida que jamais cicatrizará, e mesmo sabendo que passamos momentos gloriosos junto ao nosso companheiro e amigo, restará pra sempre o melhor dele em nossos corações", diz o texto, publicado em redes sociais.

Edu Falaschi, que assumiu os vocais do Angra após a saída de Andre Matos, lamentou a morte. "É com grande surpresa e pesar que recebi a notícia da morte de André Matos. Um dia que ficará na história por marcar uma das perdas mais impactantes para o mundo do heavy metal mundial, o meu mais sincero pêsame para toda a família Matos e seus companheiros de banda".

Baixista do Angra, Felipe Andreoli disse que o grupo preparava uma reunião para celebrar os 30 anos de trajetória. "Estava muito animado com a perspectiva de, num futuro próximo, dividir o palco com ele e os demais na celebração de 30 anos do Angra. Essa possibilidade foi tirada de nós, dos fãs e de todos que tiveram suas vidas tocadas por ele e sua música", escreveu.

O guitarrista Kiko Loureiro relembrou a amizade e a admiração por Andre desde a adolescência e também confirmou os planos de reunião da banda. "Na semana em que ele falou que gostaria de tocar juntos de novo, após 20 anos. Triste demais. Sua voz, suas músicas, seu piano serão eternos para todos nós fãs".

Outros vocalistas de bandas de rock, como Roger, do Ultraje a Rigor, também lamentaram a morte do músico. Até a tarde deste sábado, o nome de Andre Matos era o assunto mais comentado do Twitter.

Com muita dor recebo a notícia do falecimento do André Matos. Eu estou devastado. O André foi imprescindível para o sucesso e consagração da minha carreira. No alicerce da arte que desempenho, está o resultado de uma amizade e parceria meteórica, uma história muito bonita que eu sinto não ter terminado com um abraço; Não há palavras neste momento que descrevam o tamanho do vazio deixado no meu coração que o amou de perto e de longe. O Brasil perde um talento insubstituível do gênero; Heavy-metal e com ele morre a esperança de compartilharmos o palco juntos novamente. Que os anjos recebam sua alma e que a Deusa do Fogo mantenha a chama de seu legado artístico acesa sempre. R.I.P. André Matos RAFAEL BITTENCOURT With broken heart I received that Andre Matos passed away. I'm devastated. André was essential for the success and consecrat of my career. In the foundation of the art I perform, it is the result of a friendship and meteoric partnership, a very beautiful story which I feel it didn't over in a hug. There are no words at this time to describe how big is the emptiness left in my heart which loved him near and far. Brazil lost an irreplaceable talent of the Heavy-metal genre and with him, dies the hope we had in share the stage together again. May the angels receive your soul and may the Fire Goddess hold the flame of him artistic legacy forever. R.I.P. André Matos RAFAEL BITTENCOURT #andremattos #angra #amizade

A post shared by Rafael Bittencourt (@rbittencourton) on

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado anteriormente no texto, Kiko Loureiro é guitarrista, e não vocalista. A informação foi corrigida.

Mais Rock