PUBLICIDADE
Topo

James McAvoy diz que Xavier "virou um político" em "X-Men: Fênix Negra"

James McAvoy em "X-Men: Fênix Negra" - Divulgação/IMDb
James McAvoy em "X-Men: Fênix Negra" Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

27/05/2019 16h12

Prepare-se para conhecer o lado sombrio do Professor Xavier. Segundo James McAvoy, que reprisa o papel do líder dos mutantes em "X-Men: Fênix Negra", o filme explora o "calcanhar de Aquiles" do personagem. A estreia do longa está marcada para 6 de junho.

Em entrevista ao site Comic Book, McAvoy identificou "a vaidade e o ego" como as principais falhas de Xavier. "Esses são os obstáculos que ele enfrenta em 'Fênix Negra'. E o que me impressionou é que isso é expressado em um nível geopolítico", comentou.

"Ao invés de ser um professor, um líder, uma pessoa que promove a cura das outras, como ele sempre foi, Xavier se torna um político", completou. Michael Fassbender, que interpreta Magneto no filme, adicionou: "Eu achei que ele ia se candidatar a presidente em algum ponto do roteiro".

"Sim, ou líder das Nações Unidas, algo assim. Ele é um político, e está mais preocupado com a mensagem do que com a aplicação dela. Foi divertido [interpretá-lo]. Foi bom ver como o filme investigou essa parte dele", disse ainda McAvoy.