Topo

Entretenimento


Testemunha de culto sexual diz que Allison Mack chamava escravas de "irmãs esposas"

Brendan McDermid/Reuters
Allison Mack antes de depoimento sobre caso da seita que explorava sexualmente as mulheres Imagem: Brendan McDermid/Reuters

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

2019-05-21T12:26:42

21/05/2019 12h26

Allison Mack ficou famosa por interpretar a jornalista Chole Sullivan na série "Smallville". Na vida real, a atriz tomou as manchetes ao ser acusada de ser recrutadora de uma seita sexual liderada por Keith Raniere. Ontem, um novo depoimento de uma pessoa envolvida com o caso trouxe novos detalhes dos procedimentos da organização, chamada Nxivm.

De acordo com o relato dado por Lauren Salzman na corte de Brooklyn, ela foi marcada com uma espécie de ferro quente usado para cauterização pelo próprio guru da seita. A atriz então teria dito para ela: "Não é ótimo?".

Lauren ainda afirma que atriz de "Smallville" disse ainda: "Agora você não só tem um mestre [Raniere], como também tem várias irmãs esposas". "Vamos criar nossos bebês juntas", teria completado Mack. "Ela ficou muito empolgada quando eu me juntei", completou Lauren Salzman.

Durante seu depoimento, ela ainda disse que havia uma enorme pressão dentro do grupo em recrutar novas escravas sexuais. "Ele me disse que se fosse para elas fazerem sexo com outro homem, sem ser seus maridos, elas teriam que fazer. Se fosse para elas terem um bebê de outro homem, elas teriam de fazê-lo também", continuou.

Site oficial/Divulgação
Acusado de tráfico humano, Keith Raniere foi preso após fugir para o México Imagem: Site oficial/Divulgação

Meses após se declarar inocente das acusações de tráfico sexual, Allison Mack assumiu a culpa nos casos de extorsão e conspiração criminosa, parte de um acordo entre seus advogados e promotores.

"Eu preciso admitir a culpa pela minha conduta. Eu me sinto muito mal pelo meu papel neste caso. Eu peço desculpas à minha família e às boas pessoas que eu machuquei com a minha aderência equivocada aos ensinamentos de Keith Raniere", disse Mack no tribunal, no mês passado.

Mais Entretenimento