Topo

Morrissey causa polêmica na TV ao se apresentar com bóton de partido extrema-direita

Reprodução
O cantor Morrissey Imagem: Reprodução

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

2019-05-14T14:01:51

14/05/2019 14h01

O cantor Morrissey causou mais uma polêmica ontem, ao se apresentar no programa "The Tonight Show Starring Jimmy Fallon" usando um bóton do For Britain Movement, partido de extrema-direita britânico fundado pela ativista anti-islâ Anne Marie Waters.

O detalhe: no número, o cantor, que em sua autobiografia negou ser homossexual, apresentou em estúdio sua nova faixa, "Morning Star", cover do cantor americano de glam rock Jobriath, o primeiro artista pop a se declarar abertamente homossexual nos aos 1970. Veja abaixo.

O ex-vocalista dos Smiths já havia sido criticado ao usar o bóton em apresentações e aparições recentes, o que fez representantes do partido agradecerem o apoio em sua página oficial.

Desde o ano passado, Morrissey, que já afirmou que o nazismo é um movimento de esquerda, tem se manifestado em favor do For Britain, cujas ideias costumam ser classificadas de nazistas e racistas por opositores.

"Tenho acompanhado um novo partido chamado For Britain, liderado por Anne Marie Waters. É a primeira vez em minha vida que votarei em um partido político. Finalmente, tenho esperança. Acho que a mudança constante entre os partidos Tory e Trabalhista no poder não tem sentido", afirmou ele em entrevista.

"O partido não recebeu nenhum apoio da mídia e foi classificado com a habitual acusação infantil de racista'. Não acho que a palavra 'racista' tenha qualquer significado além de dizer 'você não concorda comigo, então você é um racista'. As pessoas podem ser totalmente estúpidas."

No próximo dia 24 de maio, Morrissey lançará seu novo álbum de covers, "California Son", que contará com colaborações de Ed Droste, do Grizzly Bear, Billie Joe Armstrong, do Green Day, entre outros.

Em entrevista, Ariel Engle, do Broken Social Scene, disse que não sabia das opiniões políticas de Morrissey quando concordou em cantar no disco. "As coisas inflamatórias que ele diz não têm a ver com o que penso. Acho que ele está completamente fora de linha", afirmou ela.

Mais Rock