Topo

Pop


Após crise, Britney Spears entra com ordem de restrição contra ex-agente

Ethan Miller/Getty Images
Britney Spears no anúncio de sua nova série de shows em Las Vegas, em outubro de 2018, que acabou sendo cancelada Imagem: Ethan Miller/Getty Images

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-05-08T11:05:03

08/05/2019 11h05

Após ser internada com uma crise emocional, Britney Spears está pedindo uma ordem de restrição contra seu ex-empresário. Sam Lufti. De acordo com o site TMZ, parte dos problemas da cantora são relacionados ao assédio que ele estaria fazendo contra ela e seus familiares.

O pedido de restrição foi registrado ontem, em Los Angeles. Segundo os documentos obtidos pelo TMZ, Lufti vinha mandando mensagens para a mãe de Britney, Lynne Spears, e postando nas redes sociais mensagens ameaçadores - incluindo direcionadas aos fãs, para que eles boicotem Britney.

Nos documentos, os advogados de Britney afirmam que seu ex-agente vem mandando mensagens para Lynne, falando para ela não se envolver nas decisões sobre a saúde mental da filha. E dizem que ele ofereceu mil dólares para ele próprio passar a cuidar disso. A mãe da cantora negou.

Lufti é acusado pela família de Britney de ter contribuído para sua grande crise, ainda na década de 2000.

A cantora foi internada no mês passado e passou por tratamento, depois de ter problemas com as medicações que toma. "Oi pessoal, só estou mandando um oi para todos que estão preocupados comigo. Tudo está bem. Minha família tem passado por muito estresse e ansiedade ultimamente, então eu só precisava de tempo para lidar com isso. Mas não se preocupem, estarei de volta muito em breve", disse a cantora em uma gravação divulgada no último dia 23.

Mais Pop