Topo

Terror

Tudo o que você precisa saber sobre filmes, séries e livros de horror


No terror "A Maldição da Chorona", Linda Cardellini já foi de "Scooby-Doo" a "Vingadores"

Divulgação/IMDb
Linda Cardellini em cena de "A Maldição da Chorona" Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-04-20T04:00:00

20/04/2019 04h00

Poucos atores têm uma carreira tão eclética quanto a de Linda Cardellini.

Ela foi a Lindsey da série cult "Freaks & Geeks", a Velma dos filmes de Scooby-Doo, passou seis anos em "E.R.: Plantão Médico", virou mulher do Gavião Arqueiro em "Vingadores", e foi o "coração" (segundo o próprio diretor) do vencedor do Oscar "Green Book: O Guia". Agora, está de volta aos cinemas no terror "A Maldição da Chorona".

Linda vive Anne Tate-Garcia, assistente social que descobre que uma mulher chamada Patricia Alvarez (Patricia Velazquez) trancou seus filhos em um armário para impedir que eles fossem atacados pela assombração do título. Quando Patricia é presa e os jovens são levados para o hospital, a terrível Chorona se volta para os filhos da própria Anne, Chris (Roman Christou) e Samantha (Jaynee-Lynne Kinchen).

"A Maldição da Chorona" coroa a trajetória da atriz californiana de 43 anos, que está há 20 anos sob os holofotes de Hollywood, passando por altos e baixos, e colocando à prova a versatilidade de seu talento.

"Freaks and Geeks" (1999-2000)

Cardellini tinha 23 anos quando interpretou a estudante de ensino médio Lindsey Weir em "Freaks and Geeks". Apesar do cancelamento após a primeira temporada, a série se tornou um clássico cult por sua abordagem engraçada e sensível do mundo adolescente, lançando também a carreira de outros atores, como Seth Rogen e James Franco. Lindsey era uma adolescente em plena crise de identidade. Conhecida até então como aluna exemplar, a personagem começa a fazer novos amigos entre os "rejeitados" e os "esquisitos" de sua escola, buscando entre eles compreensão e acolhimento, o que não agrada nada aos seus pais.

Divulgação/IMDb
Linda Cardellini com James Franco em cena de "Freaks and Geeks" Imagem: Divulgação/IMDb

"Legalmente Loira" (2001)

Um ano após o fim de "Freaks and Geeks", Cardellini conseguiu seu primeiro papel marcante no cinema. Na cultuada comédia "Legalmente Loira", ela interpretou Chutney, que é interrogada pela protagonista Elle Woods (Reese Witherspoon) no tribunal durante o clímax do filme. Apesar de não aparecer tanto no longa, Cardellini deixou sua marca. Chutney, afinal, é a verdadeira culpada do assassinato do seu pai, caso assumido por Woods em "Legalmente Loira". Ela confessa tudo após ser desmascarada pela advogada, que notou uma mentira contada por Chutney envolvendo cuidados com o cabelo.

Divulgação/IMDb
Linda Cardellini em cena de "Legalmente Loira" Imagem: Divulgação/IMDb

"Scooby-Doo" (2002)

Interpretar a nova versão de um personagem icônico é um rito de passagem para muitos atores, e com Cardellini não foi diferente. No filme live-action inspirado na série de animação "Scooby-Doo", ela viveu Velma, o cérebro da Mistério S/A. Ao lado de Freddie Prinze Jr. (Fred), Sarah Michelle Gellar (Daphne) e Matthew Lillard (Salsica), além de um Scooby criado por efeitos especiais, Cardellini levou a turma de detetives para o topo das bilheterias mundiais, e ainda retornou com a personagem em "Scooby-Doo 2: Monstros à Solta" (2004). Juntos, os dois filmes renderam mais de US$ 457 milhões ao redor do mundo.

Divulgação/IMDb
Linda Cardellini (no centro, de laranja) em cena de "Scooby-Doo" Imagem: Divulgação/IMDb

"E.R. - Plantão Médico" (2003-2009)

A famosa série médica já estava em sua 10ª temporada quando Cardellini fez sua estreia no episódio "Out of Africa", interpretando a assertiva enfermeira Samantha Taggart. A personagem caiu no gosto do público, e Cardellini ficou no elenco até o final da série, na 15ª temporada. Sam, como era chamada, teve um filho chamado Alex aos 15 anos de idade e o criou sozinha, sem a ajuda de sua família de "perdedores e alcoólatras". Uma mulher forte, que Cardellini viveu com garra por 126 episódios.

Divulgação
Linda Cardellini em cena de "E.R. - Plantão Médico" Imagem: Divulgação

"Vingadores: Era de Ultron" (2015)

Antes de "Vingadores: Era de Ultron" estrear, o nome de Linda Cardellini já aparecia na escalação do filme, mas sem confirmação de sua personagem. A surpresa foi quando ela apareceu como Laura Barton, a mulher "secreta" do Gavião Arqueiro (Jeremy Renner). Após uma batalha traumática contra o vilão Ultron (James Spader), os Vingadores se escondem na fazenda onde o Gavião vive em segredo com sua família. Auxiliado por Nick Fury (Samuel L. Jackson), ele conseguiu manter sua vida familiar longe do conhecimento dos vilões que enfrenta como Vingador.

Divulgação
Linda Cardellini com Jeremy Renner em cena de "Vingadores: Era de Ultron" Imagem: Divulgação

"Green Book: O Guia" (2018)

No ano passado, a trajetória de Cardellini atingiu outro ponto alto: ela foi parar no palco do Oscar 2019 quando "Green Book: O Guia" venceu a estatueta de melhor filme. No longa, inspirado em história real, ela vive a mulher de Tony Lip (Viggo Mortensen), o motorista ítalo-americano contratado pelo pianista negro Don Shirley (Mahershala Ali) para uma turnê pelo sul dos EUA.

A performance de Cardellini como Dolores foi citada como "o coração do filme" pelo diretor Peter Farrelly em um dos discursos de agradecimento durante a temporada de premiações. "Green Book" inclui uma trama paralela em que ela recebe cartas de amor que Shirley ajuda Tony a escrever, e Cardellini usou as joias verdadeiras de Dolores durante as filmagens.

Divulgação
Linda Cardellini em cena de "Green Book: O Guia" Imagem: Divulgação

"Disque Amiga Para Matar" (2019)

"A Maldição da Chorona" não será a única oportunidade de ver Linda Cardellini nas telas em 2019. Em 3 de maio, estreia a comédia "Disque Amiga Para Matar", nova série original da Netflix criada por Liz Feldman ("2 Broke Girls"), em que Linda divide a cena com Christina Applegate ("Tudo Para Ficar com Ele", "Perfeita é a Mãe").

Na trama, Cardellini será Judy, mulher que se aproxima de Jen (Applegate) durante reunião de um grupo de apoio para pessoas que perderam entes queridos. Jen acaba de se tornar viúva, assim como Judy, e as duas logo formam um laço forte de amizade -- o que Jen não sabe é que sua nova melhor amiga tem um passado duvidoso. "Digamos que, aonde Judy vai, o caos a segue", diz outro personagem sobre ela.

Mais Terror