Topo

Walking Dead


"Walking Dead": neve se torna maior ameaça no melhor final de temporada em anos

Divulgação
Sobreviventes enfrentam nevasca no final da nona temporada de "The Walking Dead" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

2019-03-31T23:30:00

31/03/2019 23h30

ATENÇÃO: O texto abaixo contém spoilers de "The Walking Dead" e do final da nona temporada da série. Não leia se não quiser saber o que acontece.

"The Walking Dead" não precisou de um grande vilão ou de uma morte de impacto para criar um de seus melhores finais de temporadas dos últimos anos. Foi a neve a grande estrela do encerramento do nono ano da série, que usou as condições climáticas adversas para criar uma trama tensa e dramática da qual era impossível tirar os olhos - uma mudança bem-vinda em relação aos ganchos pretensamente chocantes que a série vinha entregando nos últimos anos.

Intitulado "The Storm" (a tempestade), o episódio colocou os sobreviventes à prova no meio de uma grande nevasca, algo que nunca havia sido mostrado antes em "TWD". A ameaça dos Sussurradores, liderados por Alpha (Samantha Morton), ficou em segundo plano enquanto Michonne (Danai Gurira), Daryl (Norman Reedus), Negan (Jeffrey Dean Morgan) e companhia tentavam se manter vivos, seja na estrada ou em Alexandria.

Adeus, Reino

Em um tom fortemente dramático, "The Storm" se iniciou com um discurso de Ezekiel (Khary Paton), lamentando que o Reino não era mais habitável. "Tentei perseverar, nós tentamos. Mas as coisas desmoronaram", disse ele, em um pedido de ajuda aos colegas de Hilltop e Alexandria.

Prontamente atendido, ele, Carol (Melissa McBride) e os outros membros da comunidade receberam o auxílio de um time liderado por Daryl e Michonne, que tinha por objetivo levar os desabrigados a Hilltop, onde poderiam se restabelecer.

No caminho, porém, o grupo acabou surpreendido pela chegada da tempestade de neve, que veio antes do previsto. Aí se iniciaram os momentos mais tensos do episódio: após um rápido desvio para o Santuário, os líderes das comunidades entenderam que o melhor era seguir viagem, já que os suprimentos não durariam o bastante. O problema? Eles teriam de cruzar o território dos Sussurradores, ainda com a lembrança recente das dez vidas tiradas por Alpha e seus seguidores.

Divulgação
Michonne (Danai Gurira) enfrenta zumbi na neve em cena do final da nona temporada de "The Walking Dead" Imagem: Divulgação

Sem outra alternativa, os sobreviventes seguiram viagem até chegar a um rio congelado, sobre o qual precisavam atravessar. A operação já seria delicada o suficiente sem o aparecimento de vários zumbis, que surgiram debaixo da neve. Em uma sequência empolgante, Michonne, Daryl e companhia enfrentaram os mortos, enquanto os demais tentavam atravessar em segurança. Deu certo, e o grupo conseguiu chegar a Hilltop - embora não sem dramas.

A culpa de Lydia

Sentindo-se culpada pelo banho de sangue promovido por Alpha, sua mãe, Lydia (Cassady McClincy) tentou tirar a própria vida duas vezes ao longo do episódio. Na primeira, ela quase deu o braço para um zumbi morder, mas parou ao avistar Carol. Depois, ela pediu que a mãe de Henry a matasse, dizendo que era fraca e que aquele era o único jeito de todos conseguirem seguir. "Você não é fraca", respondeu Carol, antes de matar um zumbi e levar a garota para seguir com o grupo.

Carol e Ezekiel

Abalados pela morte prematura de Henry, Carol e Ezekiel terminaram o episódio separados. O Rei chegou a pedir que Daryl se afastasse para que ele e a mulher pudessem tentar salvar o relacionamento em Hilltop; ao chegar lá, porém, Carol lhe disse que iria seguir para Alexandria. "Eu nunca deixarei de te amar", declarou-se Ezekiel.

Em Alexandria

Enquanto Carol, Daryl e companhia enfrentavam a neve na estrada, aqueles que permaneceram em Alexandria tiveram que tomar suas próprias precauções contra a tempestade. No caso, se dividir entre as residências que tinham lareiras à disposição.

Acabou que Rosita (Christian Serratos), Eugene (Josh McDermitt), Gabriel (Seth Gilliam) e Siddiq (Avi Nash) e Negan, retirado de sua cela para não congelar, ficaram no mesmo grupo - muito para a diversão do ex-vilão, que usou a língua ferina para provocar o "quarteto amoroso".

Reprodução/EW
Negan em cena do final da nona temporada de "The Walking Dead" Imagem: Reprodução/EW

O momento de descontração durou pouco. Ao constatar que a chaminé estava obstruída, o grupo não teve outra opção a não ser enfrentar a tempestade, com a ajuda de cordas, para ir a outra casa. No meio do caminho, porém, Judith avistou de longe o cachorro de Daryl, que havia sumido enquanto estava sob seus cuidados, e saiu em disparada atrás dele. Negan, que durante toda a temporada mostrou ter uma relação especial com a filha de Rick, então tentou alcançá-la.

O antigo líder dos Salvadores machucou a perna e penou na nevasca, mas conseguiu encontrar Judith - e o cachorro. Em um momento doce, ele envolveu a filha de Rick em seu casaco ao perceber que ela não estava bem, e conseguiu levá-la de volta em segurança. Ao fim do episódio, ele recebeu um obrigado de Michonne, recém-chegada de Hilltop.

Alpha retorna - e uma surpresa

"The Storm" se encerrou em uma nota otimista para os protagonistas, mas isso não quer dizer que os Sussurradores tenham ficado para trás. Uma sequência nos minutos finais do episódio mostrou Alpha retornando para a comunidade e sendo recebida por Beta. "Vou precisar ser mais forte para o que vem a seguir", disse, antes de ter o braço açoitado pelo seu número 2.

O maior gancho para a já confirmada décima temporada, entretanto, ficou por conta de uma voz misteriosa que surgiu no rádio: "Tem alguém aí?". Será que conheceremos outra comunidade?

Mais Walking Dead