Topo

Por que o show de Paul McCartney ainda é imperdível mesmo após 9 vezes no Brasil

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

2019-03-26T23:29:20

26/03/2019 23h29

Pela nona vez Paul McCartney está entre nós. E não importa se os mais de 45 mil fãs que lotaram o Allianz Parque, em São Paulo, na noite desta terça-feira (26) já tenham assistido a vários de seus shows.

Você pode até saber o que vai acontecer, conhece todas as músicas, mas se emociona com cada uma delas como se fosse a primeira vez.

Desta vez não foi diferente. McCartney abriu o primeiro show da turnê brasileira Freshen Up às 20h45 e entregou 37 músicas em 2h40 de espetáculo, que passearam pelos quase 60 anos de sua carreira, alternando hits do mais recente disco "Egypt Station", o 25º álbum pós-Beatles.

"Boa noite, Brasil, que bom é ver vocês de novo", disse Paul em português. "Vamos tocar músicas antigas, músicas novas e algo no meio. Essa é das antigas", completou antes de tocar "All My Loving".

Banda

Uma das características de Paul McCartney é a de que ele não gosta de alterar os arranjos de suas músicas. Todas elas soam como se estivessem saindo de seus álbuns originais. Ao lado de Paul no palco, os responsáveis por manter viva a magia dessas baladas foram os integrantes da banda que o acompanha há mais de dez anos, formada por Rusty Anderson (guitarra), Brian Ray (guitarra), Paul Wickens (teclado) e Abe Laboriel Jr. (bateria).

Abe é sempre um destaque nos shows. Quando ele aparecia no telão, arrancava gritos da plateia com suas caras e bocas. Especialmente na música "Dance Tonight", quando fez performances ao lado da bateria e fez todo mundo na pista dançar também.

Lucas Lima / UOL
Paul McCartney, Brian Ray, Rusty Anderson e Abe Laboriel Jr. em show no Allianz Parque, em São Paulo Imagem: Lucas Lima / UOL

Magia intacta

Mesmo com a plateia já conquistada, Paul se esforça para agradar conversando em português praticamente durante todo o show. "Esta noite só vou falar em português. Ok. E um pouco de inglês também", brincou.

No meio do público, outra novidade. Um trio de metais tocou os acordes de "Letting Go" deixando o público praticamente imerso no show. "Que balada", brincou Paul em português.

Mas a magia também veio da plateia, quando milhares de pessoas levantaram plaquinhas com os dizeres "na na na na" durante o coro da música "Hey Jude". "Na na na para vocês também", respondeu o ex-beatle.

Brasil

Em São Paulo desde domingo, Paul McCartney curtiu a capital paulista antes do show como um legítimo paulistano. Como tem feito desde 2010, ele voltou a dar umas voltas de bicicleta, desta vez no Parque do Povo com a sua mulher Nancy Shevell. Exceto pelos seguranças, que chamaram a atenção, ele circulou tranquilo por entre as pessoas.

No estádio, ele fez questão de mostrar que era praticamente um brasileiro. Ao país, o ex-beatle dedicou a música "Back in Brazil" composta em homenagem ao Brasil e que teve um videoclipe gravado em Salvador, na Bahia.

"Essa música eu fiz em homenagem ao Brasil", disse em português. A plateia respondeu soltando balões verdes e amarelos.

Máquina do tempo

Nos últimos anos, Paul McCartney começou a incluir em seu setlist a música "In Spite of All The Danger", composta antes dos Beatles para a banda Quarrymen, escrita por ele quando tinha 16 anos em parceria com George Harrison (de apenas 15 anos).

"Nós vamos voltar no tempo. Bem antes dos Beatles. Dos Quarrymen. Vamos tocar a primeira canção que os Beatles gravaram", contou. A música foi apresentada como uma espécie de mimo aos fãs mais antigos e introduzida por Paul como uma boa recordação do início da sua carreira.

Lucas Lima / UOL
Paul McCartney toca em São Paulo Imagem: Lucas Lima / UOL

Homenagens e declarações de amor

Paul também homenageou Jimi Hendrix com um solo de "Foxy Lady". Em junho de 1967, Hendrix fez um show sem ensaiar tocando todas as músicas do álbum "Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band", apenas dois dias depois de lançado, fato que até hoje impressiona Paul McCartney.

Um dos momentos mais românticos da apresentação ocorreu quando o ex-beatle tocou "My Valentine", faixa composta em homenagem à sua mulher, Nancy Shevell, com quem está junto desde 2011.

Em português ele disse: "Esta música eu fiz para a minha amada esposa, Nancy. Ela está aqui hoje". No retorno do bis, Paul voltou ao palco com a bandeira do Brasil, do Reino Unido e a colorida do movimento LGBT.

Com a ajuda dos amigos

Mesmo sem os amigos dos Beatles no palco, Paul também reservou momentos do show para homenagear John Lennon (morto em 1980) e George Harrison (morto em 2001).

A Lennon, ele dedicou "Here Today" e disse para a plateia. "Eu escrevi essa música para o meu irmão John". No momento da apresentação, uma plataforma foi suspensa no meio do palco e Paul apresentou a música no violão.

"Esta próxima música é dedicada ao meu amigo George", disse Paul antes de tocar "Something", composta por George Harrison, interpretando-a com ukulele. "Uma das mais belas músicas já escritas", completou.

Novas música

Na estrada com a turnê Freshen Up, feita para divulgar o novo "Egypt Station", lançado no ano passado, Paul McCartney selecionou quatro faixas de seu novo trabalho para tocar ao vivo.

Em São Paulo, ele apresentou os singles "Fuh You", "Who Cares", "Come On to Me" e "Back in Brazil".

Quem não conseguiu assistir ao show de terça-feira, Paul McCartney repetirá a dose nesta quarta-feira (27) em São Paulo e no dia 30 de março em Curitiba, no Paraná.

Confira o setlist:

  1. "A Hard Day's Night"
  2. "Save Us"
  3. "All My Loving"
  4. "Letting Go"
  5. "Who Cares"
  6. "Got to Get You Into My Life"
  7. "Come On To Me"
  8. "Let Me Roll It" (com solo de "Foxy Lady")
  9. "I've Got a Feeling"
  10. "Let 'Em In"
  11. "My Valentine"
  12. "Nineteen Hundred and Eighty-Five"
  13. "Maybe I'm Amazed"
  14. "I've Just Seen a Face"
  15. "In Spite of All the Danger"
  16. "From Me To You"
  17. "Dance Tonight"
  18. "Love Me Do"
  19. "Blackbird"
  20. "Here Today"
  21. "Queenie Eye"
  22. "Lady Madonna"
  23. "Eleanor Rigby"
  24. "Back in Brazil"
  25. "Fuh You"
  26. "Being for the Benefit of Mr. Kite!"
  27. "Something"
  28. "Ob-La-Di, Ob-La-Da"
  29. "Band on the Run"
  30. "Back in the U.S.S.R."
  31. "Let It Be"
  32. "Live and Let Die"
  33. "Hey Jude"
    BIS
  34. "Hi, Hi, Hi"
  35. "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Reprise)"
  36. "Helter Skelter"
  37. Medley: "Golden Slumbers"/"Carry That Weight"/"The End"

Mais Rock