PUBLICIDADE
Topo

Chefe da Warner se demite em meio a investigação sobre caso que teve com atriz

Kevin Tsujihara com a mulher, Sandy, em evento do Oscar 2015 - Divulgação/IMDb
Kevin Tsujihara com a mulher, Sandy, em evento do Oscar 2015 Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

18/03/2019 14h40

O executivo Kevin Tsujihara se demitiu da posição de CEO da Warner Bros. em meio a denúncias de que ele teria usado a posição para ajudar a atriz Charlotte Kirk, com quem teve um caso, a conseguir papéis. As informações são da Variety.

Em um memorando circulado por Tsujihara para os funcionários da Warner, ele disse que decidiu se demitir após "refletir sobre como suas ações do passado podem impactar o futuro da empresa".

"Após muita introspecção, e conversas com John Stankey durante a última semana, decidimos que o melhor para a Warner Bros. é que eu me afaste da posição de CEO", escreveu o executivo. "Eu amo esta empresa e as pessoas que a fazem ser tão incrível".

"Eu tive a honra de liderar esta organização, e de trabalhar ao lado de empregados talentosos, nos últimos 25 anos", continuou. "Juntos, construímos um estúdio que é inegavelmente um líder em sua indústria. No entanto, ficou claro que, se eu continuasse na liderança, me transformaria em uma distração e um obstáculo".

A relação de Tsujihara com Kirk, que pode ser vista em filmes como "Oito Mulheres e Um Segredo" e "Como Ser Solteira", foi descoberta por jornalistas do The Hollywood Reporter. O site publicou mensagens de texto trocadas entre o executivo e Kirk, além do diretor e produtor Brett Ratner, que apresentou os dois.

Não só Tsujihara prometeu conseguir papéis para Kirk em filmes da Warner Bros., o que justificou sua decisão de se afastar do cargo de CEO, como o caso também aconteceu enquanto o executivo já era casado, com Sandy Tsujihara.