PUBLICIDADE
Topo

Doug Jones, de "A Forma da Água", questiona por que o Oscar não dá atenção a ele

Doug Jones em cena de "A Forma da Água" - Divulgação
Doug Jones em cena de "A Forma da Água" Imagem: Divulgação

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

23/02/2019 04h00

O ator Doug Jones, parceiro de Guillermo del Toro que viveu a criatura de "A Forma da Água", o filme sensação do último Oscar, criticou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas por não valorizar o tipo de trabalho que ele faz nas telonas.

Em entrevista ao site IndieWire, o norte-americano disse não acreditar que suas atuações não são reconhecidas no mesmo nível que as de outros atores. Ele citou como exemplo Gary Oldman, que venceu o último Oscar de melhor ator pela performance como Winston Churchill em "Destino de Uma Nação".

Para interpretar o ex-Primeiro Ministro da Inglaterra, Oldman usou maquiagem pesada e se transformou completamente. Doug Jones já chegou a passar sete horas por dia na sala de maquiagem antes de filmar uma cena, como ele contou ao UOL, mas há uma diferença primordial, segundo o ator: o Oscar não valoriza personagens fantásticos.

"Eu ainda tenho que trabalhar uma postura, uma voz, um enredo para o arco daquele personagem como qualquer outro ator faria. Então eu adoraria ver isso reconhecido nas categorias de atuação", analisou Doug.

"A Forma da Água" levou quatro Oscars e ainda foi indicado para prêmios individuais, mas Doug não foi lembrado pela Academia. "Parece que as pessoas gostam de categorizar em sua mente: 'Bem, isso não é a mesma coisa'. Estou aqui para dizer a você que realmente é a mesma coisa. Estamos todos atuando. Estamos todos assumindo um personagem que não somos nós. Nossos personagens parecem diferentes, e isso é tudo. Essa é a única diferença."

"Eu acho que eles ainda não abraçaram por completo monstros e criaturas de outros planetas. [Estes temas] Estão categorizados em um outro lugar na cabeça das pessoas, acredito, mas eu adoraria ver essa ponte [com o Oscar] algum dia", opinou.

O ator Doug Jones nos bastidores de "A Forma da Água" - Divulgação - Divulgação
O ator Doug Jones nos bastidores de "A Forma da Água"
Imagem: Divulgação

Uma nova categoria?

Apenas com Del Toro, Doug Jones ainda trabalhou em filmes como "Hellboy", "Hellboy 2: O Exército Dourado", "A Colina Escarlate" e "O Labirinto do Fauno". O ator sempre apareceu sob forte maquiagem e normalmente usando uma um traje especial para seu respectivo papel. 

Apesar dos projetos se destacarem nas categorias técnicas dos grandes prêmios do cinema, Doug nunca foi indicado individualmente por um papel nas telonas. Seu primeiro reconhecimento aconteceu apenas no Saturn Award 2018 pela série "Star Trek - Discovery", na qual vive o alienígena Saru.

"Se uma indicação acontece para mim em qualquer premiação ou até mesmo em um festival de cinema, eu me sinto muito honrado. Porque é difícil conseguir com que os órgãos de votação de qualquer academia -- seja televisão, cinema ou o que for -- aceitem os atores que estão fazendo todos esses papéis."

Doug não acredita que a Academia do Oscar crie uma nova categoria para valorizar criaturas e mundos fantásticos, mas espera que sua carreira de mais de 30 anos seja lembrada de alguma forma.

"O que eu estou querendo agora é que um dia, talvez, eu possa conseguir um prêmio pela minha carreira, onde eles possam dizer: 'Tudo bem. Você fez um ótimo trabalho por trinta, quarenta anos. Ótimo. Aqui está uma pequena estátua para você agora'. Talvez eu possa esperar por isso", finalizou Doug.