PUBLICIDADE
Topo

"Não estávamos preparadas para voltar", diz Li Martins sobre o fim do Rouge

Rouge faz show empolgante na Virada Cultural de 2018 - Mariana Pekin/UOL
Rouge faz show empolgante na Virada Cultural de 2018 Imagem: Mariana Pekin/UOL

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

28/01/2019 14h49

Li Martins, integrante do Rouge, que anunciou pausa no grupo na semana passada, afirmou que foi uma decisão muito difícil entre as meninas, porém necessária. Ao UOL, a cantora explicou que retomar a banda em 2017 não foi o momento certo. 

"Ficamos por muito tempo fora e retornamos. Mas depois de um tempo sentimos que não estávamos preparadas para voltar. Estávamos empolgadas, eufóricas, com muita garra, muita vontade, muito amor e energia. Somos donas da marca, mas não somos empresárias. O mercado está diferente e precisamos estudar melhor", contou ela à reportagem durante o esquenta do Carnaval do Camarote Bar Brahma, na última sexta-feira (25).

Li Martins chora ao falar sobre o fim do Rouge - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Li Martins chora no Instagram ao falar sobre o fim do Rouge
Imagem: Reprodução/Instagram

"Antigamente a gente gravava um álbum e demorava até dois anos para gravar outro. Hoje em dia você lança uma música e já tem que lançar outra rápido. Tudo muito rápido e descartável, um ritmo muito frenético e a gente se assustou um pouco. Daquele jeito não estava funcionando", afirmou Li. 

O Rouge --formado por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Lu Andrade-- pegaram os fãs de surpresa no último dia 24 ao anunciar uma nova pausa na carreira. Em uma postagem compartilhada no perfil oficial da banda no Instagram, elas contaram que "precisam voar por novos caminhos". Li Martins foi uma das primeiras a se manifestar nas redes sociais e explicou que a decisão foi mesmo "uma questão de mercado". 

O grupo começou sua história no programa "Popstars", do SBT, em 2002, e ficou junto até 2006 com diversos hits como "Ragatanga" e "Não Dá Pra Resistir". Em 2017, as integrantes voltaram a se reunir e causaram euforia ao se apresentarem na tradicional festa "Chá da Alice", em São Paulo. 

"É um até breve e não sabemos que o 2019 ainda nos reserva. Pode ser que amanhã tenhamos novas notícias. Depois do anúncio da pausa muitas coisas surgiram, propostas. Não estamos descartando um show de despedida", avisou a cantora, que vai se dedicar a projetos no teatro, como um musical com canções de Celine Dion. 

Li também não descarta fazer novelas. "Teve uma vez que um autor da Globo me ligou e falou que tinha escrito um papel para mim. Mas aí aconteceram outras coisas e uma outra atriz muito famosa e amiga desse autor acabou ficando com o papel. Percebi que não era o momento", relembrou ela.