PUBLICIDADE
Topo

Cabelos sujos, frio e coração de cavalo: Os perrengues de "Game of Thrones"

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

27/01/2019 04h00

Nem só de figurinos bonitos, cenários deslumbrantes e efeitos especiais incríveis vive uma série como "Game of Thrones". Por trás daqueles episódios que nos deixam grudados no sofá, tem muito trabalho envolvido - e, claro, muitas dificuldades inusitadas também.

De cabelos sujos a comidas nojentas e um inverno implacável, os atores da série já enfrentaram de tudo um pouco. Por isso, separamos aqui alguns dos maiores perrengues que Jon Snow, Daenerys e companhia já passaram.

Confira abaixo! A oitava e última temporada de "Game of Thrones" estreia em 14 de abril.

Cabelos sujos

Sansa (Sophie Turner) na quinta temporada de "Game of Thrones" - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Sophie Turner, a Sansa, revelou que foi proibida de lavar os cabelos entre a quinta e a sexta temporadas da série. A intenção era deixar mais real a caracterização de sua personagem, que estava comendo o pão que o diabo amassou em Winterfell, ao lado do maléfico Ramsay Bolton (Iwan Rheon). "Por uns dois anos eu tive que lidar com um cabelo muito oleoso. Coçava muito! Também tínhamos as máquinas de neve, então as partículas de papel grudavam no óleo. Era nojento", contou a atriz à revista "InStyle".

Coração de cavalo

Daenerys come coração de cavalo em "Game of Thrones" - Reprodução/HBO - Reprodução/HBO
Imagem: Reprodução/HBO

Obviamente, Emilia Clarke não teve de comer um coração de cavalo para a famosa cena de Daenerys na primeira temporada da série, mas seu substituto não era muito menos nojento. "Era como uma bala de ursinho, uma grande bala de ursinho... Mas coberta em sangue falso e com gosto de alvejante", definiu a atriz, que entre tomadas se lançava a um balde para vomitar. "É um reflexo, quando você sente o gosto de algo tão repulsivo, você quer se livrar instantaneamente. É seguro dizer que eu não almocei naquele dia".

Cansaço, muito cansaço

Daenerys e Jon Snow em cena de "Game of Thrones" divulgada pela HBO - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

As filmagens da oitava e última temporada de "GoT" levaram Kit Harington, o Jon Snow, ao limite. "A última temporada de 'Thrones' parecia feita para nos destruir", resumiu o ator em entrevista à revista "GQ". "Todo mundo estava acabado no fim. Não sei se estávamos chorando porque estávamos tristes porque estava acabando ou se estávamos chorando porque foi cansativo para c******. Nós estávamos sem dormir. Era como se tudo tivesse sido feito para você pensar 'ok, estou cheio disso'. Eu me lembro de todo mundo indo para o fim e dizendo 'já deu. Amo isso, foi a melhor coisa da minha vida, vou sentir saudades, mas já deu'".

Cocô cenográfico

Em uma das sequências mais nojentas já exibidas pela série, na estreia da sétima temporada, Sam Tarly limpava penicos e mais penicos cheios de cocô de mentira. E, para filmá-la, foram necessários nada menos do que cinco (longos) dias. "Era tudo bolo de frutas derretido. O cheiro era bom, mas filmar aquilo por 13 horas seguidas, ficava meio nojento", contou o ator John Bradley à revista "Entertainment Weekly".

Frio abaixo de 0

Game of Thrones - Bastidores - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

A sétima temporada de "Thrones" marcou a chegada do temido inverno a Westeros. Para transpor a sensação de frio e desolação para a tela, a produção foi atrás de uma locação onde o inverno é bem rigoroso: a Islândia, que serviu de pano de fundo para as sequências que se passam além da Muralha.

Elenco e equipe tiveram de lidar com temperaturas que chegavam a -32 ºC e ventos de 160 km/h - isso sem contar com as poucas horas em que a luz do dia ficava disponível. Segundo a coluna Page Six, os atores tinham que se caracterizar no hotel para então serem levados ao set, onde, nos intervalos, se abrigavam em tendas feitas para suportar os ventos cortantes.

"Era frio, muito frio. Chegou a -32 um dia. Lutar no frio é muito difícil", definiu Richard Dormer, o Beric Dondarrion, à revista "The Hollywood Reporter".

Animais mortos

Tywin (Charles Dance) esfola cervo em cena de "Game of Thrones" - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

A primeira temporada da série teve duas cenas distintas envolvendo cervos - e nenhuma delas foi fácil. Para uma delas, a produção utilizou um cervo morto que havia encontrado na locação. Só havia um detalhe: o animal já estava morto há dois dias quando a cena foi filmada, e os atores tiveram e se segurar para não vomitar entre as tomadas.

Em outra sequência, Tywin Lannister aparecia esfolando um cervo. O animal era de verdade, e o ator Charles Dance teve de realmente esfolá-lo em cena. Para isso, Dance foi instruído por um açougueiro, que o ensinou até a retirar as tripas do animal. "Foi divertido, mas levou dois dias para tirar o cheiro das minhas mãos", recordou.