Topo

Música


Anitta se defende após cantar com Nego do Borel: "Cansei de tanto avisar"

Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

21/01/2019 12h13

Após ser criticada por ter cantando com Nego do Borel  no ensaio do Bloco das Poderosas, realizado no domingo (20) no Rio, Anitta usou seu perfil no Instagram para se explicar. Em uma série de vídeos, ela disse que não contou com o amigo --que foi vaiado pelo público após ter feito na internet um comentário transfóbico contra Luisa Marilac-- como uma participação.

"A única participação que estava confirmada há tempo era o Tchakabum, porque eles sempre estão. Eu não convidei o Nego como participação do bloco, porque eu acho que algumas coisas que ele tem tomado na carreira não condiz, não tem a ver com a minha carreira. Isso eu já conversei com ele, é um assunto de amigos. Inclusive ele me chamou para o DVD dele. Nós tivemos uma longa conversa sobre isso, porque eu expliquei que as coisas que ele está fazendo não têm a ver com quem eu sou e ele não tem me escutado ultimamente. Já falei para ele muitas vezes que não se faz piada com gênero, cor de pele. Não se faz, não é humano. Parecem inofensivas as piadas, mas muita gente passou por muita coisa que façam que doam real", falou Anitta em vídeos publicados nos Stories.

Segundo a cantora, Nego tem tomado "atitudes muito loucas, sem noção", que ela já tentou alertar e não adiantou. "Jamais vou virar as costas para ele, ele sempre será bem vindo como meu amigo no meu evento, show", disse ela.

Eu me cansei de ficar avisando tantas coisas, como o beijo do clipe dele e outras atitudes, que ele não estava me escutando. Sempre fui esse tipo de pessoa, ligo, converso. Não acho que sou dona da verdade, mas no meu papel de amiga, toda vez que acho que posso ajudar eu faço o papel que acho que tenho que fazer. Só que ultimamente não está adiantando, eu estava enxugando gelo e parei de falar. 

Anitta fez questão de dizer que não acha Nego "uma pessoa ruim", e sim "sem noção". A cantora disse ainda que, no momento que Nego foi vaiado, ela ficou sem entender e foi preciso perguntar o motivo para sua equipe. "É uma situação que me deixa mal, pois já fui muito vaiada na minha vida. Já cometi inúmeros erros por falta de informação, de senso. Hoje amadureci em várias coisas, tenho várias para amadurecer, mas várias eu já aprendi e não cometo mais erros. Já fui muito vaiada na minha vida e sei a sensação que é. Fiquei muito mal. Quando errei na minha vida, não foi querendo errar, foi realmente por descuido, falta de informação. E sei como isso dói", desabafou ela, completando que gostaria que tivessem feito por ela. "Quando aconteceu comigo, não tive uma pessoa para me dar a mão".

Falando para o público, ela pediu paciência com os deslizes. "Em momento algum eu quis apoiar a atitude ou discurso do Nego. Todo mundo sabe que, independente do meu carinho por ele, não significa que concordo ou compactue ou apoie as maluquices dele. Zero. Foi um descuido".

Música