Topo

Após Anitta defender Nego do Borel, fãs pedem para Madonna cancelar parceria

Anitta e Madonna - Reprodução/Instagram
Anitta e Madonna Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Branco Cruz e Rodrigo Soares

Colaboração para o UOL

21/01/2019 11h14

A participação de Nego do Borel ao lado de Anitta no ensaio do Bloco das Poderosas, que aconteceu na noite de domingo (20), no Jockey, Zona Sul do Rio, segue causando dor de cabeça para a cantora.

Após o cantor estar no centro de uma polêmica quando fez um comentário transfóbico direcionado à artista Luisa Marilac, que é uma mulher trans, dizendo que ela era "um homem muito bonito", ele foi vaiado ao subir no palco e cantar com Anitta.

E não parou por aí. Insatisfeito com a defesa que a dona de hits como "Show das Poderosas" e "Medicina" fez do amigo no palco, os fãs foram até o perfil da cantora Madonna alertá-la sobre o apoio dele para ela. Nos comentários, os seguidores pediram que americana - conhecida por seu apoio aos gays, lésbicas, travestis e transexuais - reveja a ideia de fazer uma parceria musical com a brasileira.

"Não trabalhe com Anitta. Ela apoia um artista transfóbico", disse um seguidor. "Anitta defende a transfobia. Cancele o feat", pediu outro. "Anitta não merece trabalhar com alguém como você, Madonna. Saiba o que ela defende e se mantenha longe", falou mais uma.

Os brasileiros escreveram comentários em inglês como: "Não faça parceria com a Anitta. Ela é "pink money" e bolsominion", "Cancele a parceria com a Anitta", "Anitta apoia pessoas transfóbicas. Anitta apoia pessoas que promovem a homofobia e a transfobia" e até comentários de que Anitta apoiaria o presidente Jair Bolsonaro.

Entenda a treta

Tudo começou na semana passada, quando Luisa Marilac elogiou Nego do Borel no Instagram, dizendo que ele estava "gato". O funkeiro respondeu de forma pejorativa, dizendo que Luisa também era um homem gato. Luisa, que nas redes sociais se identifica como travesti, ficou chateada com a resposta e escreveu que o comentário de Nego a deixou passada. "Onde você está vendo um homem aqui? De coração, gosto muito do seu trabalho, acho você um homem lindo. Seu comentário me deixou passada".

O problema resvalou até na apresentadora Mamma Bruschetta, que chamou também chamou Luisa de homem ao vivo em um programa de TV. Neste caso, Luisa ameaçou processá-la e Mamma, que é interpretada pelo ator Luiz Henrique, respondeu: "Mamma Bruschetta jamais poderá ser transfóbica. Está aqui. Jamais fui e serei transfóbica. Um beijo".

O novo capítulo dessa história ocorreu neste domingo, quando Anitta convidou Nego do Borel para fazer uma participação especial no ensaio do Bloco das Poderosas, no Rio de Janeiro. Nego foi vaiado pela plateia com gritos de "fora, fora, fora". Ao final da apresentação, Anitta pediu a palavra para se dirigir ao público LGBT que estava na plateia.

"Eu jamais vou virar as costas para um amigo meu. O que eu posso fazer como amiga é instruir as pessoas das coisas que elas não sabem. A gente vive num país emq ue as pessoas sabem muito pouco sobre muitas coisas". A defesa de Anitta não foi aceita pelo público, que resolveu retaliar pedindo que Madonna não apoia mais a artista brasileira.

Até o momento, nem a cantora Anitta, nem Nego do Borel se manifestaram sobre a polêmica em suas redes sociais.

Funk