PUBLICIDADE
Topo

Pop


R. Kelly tem músicas removidas do Spotify e outras plataformas após escândalo

R. Kelly em ação no palco - Getty Images
R. Kelly em ação no palco Imagem: Getty Images

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

16/01/2019 10h45

Os anos de polêmicas e as recentes acusações de assédio sexual seguem minando a carreira do cantor R. Kelly. Agora são as músicas em que ele participa que vem sendo banidas, inclusive de plataformas de streaming. Spotify e Apple Music retiraram algumas faixas em que o norte-americano figura de seu catálogo. Sua gravadora já havia anunciado que cancelaria o lançamento de novas canções.

R. Kelly tem denúncias incluindo de adolescentes mas, aos 52 anos, nunca foi condenado. Um documentário chamado "Surviving R. Kelly" reacendeu as críticas ao artista e iniciou uma campanha chamada "Mute R. Kelly", pedindo para que ele seja "silenciado".

De acordo com o site Spin, foram três colaborações de R. Kelly que sumiram das plataformas, por enquanto.

LEIA TAMBÉM

Uma delas é "Do What U Want", com Lady Gaga. A cantora recentemente se desculpou por ter trabalhado com ele. A faixa foi lançada em 2013, como terceiro single do álbum "Artpop", de Gaga. Na letra, Kelly canta sobre "fazer o que quero com seu corpo".

Gaga falou no tema nas redes sociais e disse que as histórias eram "horríveis" e "indefensáveis". "Eu apoio 1000% essas mulheres", disse ela, que prometeu não colaborar mais com o cantor.

Outra música que está indisponível nas plataformas nos EUA - mas ainda aparece no Spotify brasileiro - segundo o Spin, é o dueto "I'm Your Angel", com Celine Dion. Em 1998, a música chegou a ficar seis semanas na liderança na Billboard e foi indicada ao Grammy. Dion foi convidada a participar de "Surviving R. Kelly", mas recusou.

Chance The Rapper fez parceria com R. Kelly  em "Somewhere in Paradise", um single de 2015, que também já foi retirado das plataformas digitais. Chance participou do documentário e afirmou que ter feito parceria com o cantor foi "um erro". 

Apesar de sumirem das plataformas, as faixas ainda são encontradas com certa facilidade no Youtube.

Pop