PUBLICIDADE
Topo

"Réplicas", novo filme de Keanu Reeves, é a pior estreia na carreira do ator

Keanu Reeves estrela o filme "Replicas" - Divulgação
Keanu Reeves estrela o filme "Replicas" Imagem: Divulgação

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

14/01/2019 12h21

O novo filme de Keanu Reeves, "Réplicas", uma ficção científica em que o ator interpreta um cientista que perde a filha e a esposa em um acidente e tenta cloná-los, registrou a pior estreia da carreira do ator. A informação foi confirmada pelo Exhibitor Relations Co., que monitora o mercado cinematográfico americano.

A ficção, exibida em 2.329 salas dos Estados Unidos, arrecadou apenas US$ 2,5 milhões, bem abaixo das projeções iniciais, que previam entre US$ 4 e 7 milhões. A última vez que Reeves teve um lançamento tão ruim foi em 1990 com a comédia "Te Amarei Até Morrer", que abriu com US$ 4 milhões (ou US$ 8,3 milhões se levar em consideração a inflação no período).

A trama futurística não agradou aos espectadores nem a crítica. No site Rotten Tomatoes, o filme teve apenas 10% de aprovação. Em uma das críticas, um espectador diz que o filme "acaba de maneira estranha e o final é apenas uma cereja no topo desse pequeno sundae".

Mas o ator pode esperar por boas notícias ainda em 2019. Em maio estreia o terceiro filme da série "John Wick", que já arrecadou R$ 259 milhões nos dois últimos títulos. Reeves também estará em "Toy Story 4". Analistas esperam que a animação arrecade mais de US$ 1 bilhão no mundo.

Além de Reeves, "Réplicas" conta com Thomas Middleditch, Alice Eve, Emily Alyn Lind, John Ortiz e Emjay Anthony. A direção é de Jeffrey Nachamanoff. O filme não tem previsão de estreia no Brasil.