Topo

Globo de Ouro


Chefe da Marvel, Kevin Feige dá atualização sobre "Guardiões 3" e James Gunn

Reprodução/Twitter
Kevin Feige no Globo de Ouro 2019 Imagem: Reprodução/Twitter

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

07/01/2019 09h19

O produtor Kevin Feige foi alvejado de perguntas por um repórter da MTV durante sua passagem pelo tapete vermelho do Globo de Ouro 2019. O chefe da Marvel Studios saiu de mãos abanando da cerimônia, onde "Pantera Negra" concorria a vários prêmios, mas deu novidades de várias produções da editora.

Uma das perguntas tocou em "Guardiões da Galáxia Vol. 3", a conturbada continuação da franquia de sucesso criada por James Gunn. Após a demissão do diretor e roteirista graças a alguns tweets antigos contendo piadas polêmicas, Gunn acabou indo para a concorrente, a DC, onde deve escrever "Esquadrão Suicida 2".

Feige disse que não há mágoas entre a Marvel e o cineasta. "Você me conhece, eu não vejo rivalidade [entre Marvel e DC], eu vejo filmes bacanas sendo feitos. E se tem uma coisa que sabemos, é que James Gunn faz bons filmes", comentou.

"'Guardiões da Galáxia Vol. 3' vai acontecer", garantiu a seguir. "Quando, onde, como? Ainda não posso dizer".

O produtor tocou em diversos outros assuntos durante a entrevista, realçando, por exemplo, sua felicidade pela boa recepção de "Pantera Negra". "É minha primeira vez no Globo de Ouro!", comemorou.

Perguntado se havia outros filmes de super-heróis que ele gostaria de ter visto chegar às grandes premiações, Feige não hesitou. "Claro, você pensa em 'Batman: O Cavaleiro das Trevas'. Mas eu acho que a Marvel Studios fez muitos ótimos filmes, e vários deles eu colocaria entre os melhores lançados em seus anos", comentou.

O produtor também revelou que o título de "Vingadores: Ultimato", revelado com o lançamento do teaser, foi decidido anos atrás. "Antes de começarmos a produção, já sabíamos o título. O Doutor Estranho diz a palavra 'endgame' [título em inglês do filme] em 'Guerra Infinita' por causa disso", contou.

Sobre "Capitã Marvel", próximo título da editora nos cinemas, Feige disse que os últimos detalhes estão se alinhando para o filme. "Se eu não estivesse aqui conversando com você, estaria na sala de edição. Toda a equipe está por lá", revelou.

Por fim, o produtor comentou sobre a fusão da Disney com a Fox, que está cada vez mais perto de se tornar realidade. Com ela, a Marvel Studios poderá trabalhar com vários personagens dos quadrinhos cujos direitos cinematográficos estavam com o estúdio rival, como os X-Men e o Quarteto Fantástico.

"Eu estou animado para trabalhar com todos esses personagens. Não são só os grandes nomes, mas personagens menores que estão naqueles contratos", disse Feige. "Eu estou sonhando com isso durante todos os meus 20 anos na Marvel!".