Topo

Geek


É oficial: "Batwoman" vai ganhar série com diretor de "Game of Thornes"

Ruby Rose como Batwoman no segundo episódio de "Elseworlds" - Divulgação
Ruby Rose como Batwoman no segundo episódio de "Elseworlds" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

03/01/2019 16h36

Após sua estreia no crossover "Elseworlds", no final do ano passado, a heroína Batwoman vai ganhar sua própria série. A produção solo, que já havia sido colocada como possibilidade pela emissora americana CW, foi oficializada com um pedido de episódio piloto nesta quinta-feira (3).

Segundo a "Entertainment Weekly", a emissora está apostando alto em "Batwoman". Um dos sinais é a contratação do diretor David Nutter, vencedor do Emmy conhecido pelo trabalho em episódios marcantes de "Game of Thrones" -- inclusive aquele em que ocorre o fatídico Casamento Vermelho.

Nutter também é conhecido como o "encantador de pilotos" em Hollywood, uma vez que já dirigiu vários episódios iniciais de séries que acabaram fazendo grande sucesso. Seu currículo inclui pilotos para "Arrow" e "The Flash", duas outras séries da CW inspiradas em heróis das HQs da DC.

Segundo a descrição oficial liberada pela CW, "Batwoman" seguirá a protagonista Kate Kane (Ruvy Rose, conhecida por "Orange is the New Black" e "John Wick 2"), uma lutadora hábil que se esgueira pelas ruas infestadas de crime de Gotham City a fim de protegê-la na ausência do Batman.

Assim como acontece nos quadrinhos, Kane será a primeira super-heroína abertamente lésbica a ter sua própria série de TV. Caroline Dries ("The Vampire Diaries") vai servir como showrunner.

Geek