PUBLICIDADE
Topo

Entenda a cronologia da franquia "Transformers" no cinema

Cartaz brasileiro do filme "Bumblebee" (detalhe) - Divulgação
Cartaz brasileiro do filme "Bumblebee" (detalhe) Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

22/12/2018 04h00

A franquia "Transformers" ganha um novo capítulo nos cinemas nesta terça-feira (25), com a estreia de "Bumblebee". Trata-se do primeiro filme derivado da saga, que começou em 2007. A crítica internacional elogiou o filme.

"Bumblebee" nos leva para um período na história da franquia que não havíamos visitado antes: os anos 1980, quando o personagem título é enviado para a Terra por seu líder, Optimus Prime, para completar uma missão importante. Por aqui, ele faz amizade com a jovem Charlie (Hailee Steinfeld) e enfrenta dois transformers determinados a impedi-lo de realizar sua missão.

Embora seja baseada na linha de brinquedos e desenhos animados dos anos 1980, a franquia "Transformers" segue, nos cinemas, uma cronologia própria, por vezes bastante complexa. Para desembaraçar esta linha temporal, aprontamos um guia simples dos acontecimentos de cada filme e sua posição na história maior.

Cena de "Transformers" (2007), primeiro filme da franquia - Reprodução - Reprodução
Cena de "Transformers" (2007), primeiro filme da franquia
Imagem: Reprodução

"Transformers" (2007)

A franquia já começa com uma grande viagem temporal. Primeiro, descobrimos que o planeta Cybertron, terra natal dos Transformers, foi destruído milhares de anos atrás em uma guerra entre duas facções dos robôs gigantes, Autobots e Decepticons. Durante a disputa, Optimus Prime (líder dos Autobots) lançou o AllSpark, artefato místico que dava vida ao planeta, para o espaço.

O maligno Megatron, líder dos Decepticons, seguiu o AllSpark até a Terra, mas caiu no círculo Ártico, onde foi congelado. Lá, ele foi achado em 1895 pelo explorador Archibald Whitticky, que acidentalmente ativou o dispositivo de navegação do robô e ficou com a localização do AllSpark gravada em seus óculos.

Corta para 2007, e o tataraneto de Archibald é Sam Whitticky (Shia LaBeouf), que compra um carro amarelo como seu primeiro veículo e descobre que ele na verdade é Bumblebee, um dos Autobots. Graças aos óculos de seu ancestral, Sam e seu "crush" Mikaela (Megan Fox) são alvo dos Decepticons que estão na Terra.

Após o descongelamento de Megatron graças à irresponsabilidade de uma agência norte-americana ultrassecreta, e uma épica batalha pelo AllSpark que termina com a maioria dos Decepticons mortos (o único "mocinho" morto na briga é Jazz, um dos Autobots), os Transformers seguem escondidos na Terra.

Cena de "Transformers: A Vingança dos Derrotados" (2009) - Divulgação - Divulgação
Cena de "Transformers: A Vingança dos Derrotados" (2009)
Imagem: Divulgação

"Transformers: A Vingança dos Derrotados" (2009)

O segundo filme da franquia começa introduzindo seu novo vilão, um Transformer megapoderoso apelidado de "The Fallen". Em 17.000 antes de Cristo, ele foi um dos primeiros da espécie, que viajava pelo universo colhendo a energia de Sóis para criar vida. O vilão, no entanto, quebrou a regra de nunca destruir um planeta com vida ao tentar realizar o processo na Terra, o que levou os outros Transformers a aprisioná-lo para sempre em um local desconhecido.

No presente, dois anos se passaram desde os eventos do primeiro filme, e os Autobots agora trabalham junto do governo americano para caçar os Decepticons restantes. É quando os Transformers malignos encontram um jeito de roubar o fragmento do AllSpark escondido pelo governo e reviver Megatron.

Sam e Mikaela são arrastados mais uma vez para a briga quando ele encontra outro fragmento do AllSpark, e tem uma visão de vários símbolos misteriosos, que Megatron revela serem pistas para uma nova fonte de energia. O líder dos Decepticons, agindo sob instruções do terrível "The Fallen", parece matar Optimus Prime em um primeiro confronto entre as facções.

Durante a busca de uma forma para reviver Optimus, os heróis descobrem que os Transformers vieram para a Terra séculos atrás, e encontram um dos primeiros deles, batizado de Jetfire. O ancião robótico revela que o dispositivo deixado pelo "The Fallen" na Terra para destruí-la está guardado nas pirâmides do Egito, onde a batalha final acontece (e, mais uma vez, os Autobots triunfam).

Cena de "Transformers: O Lado Oculto da Lua" (2011) - Reprodução - Reprodução
Cena de "Transformers: O Lado Oculto da Lua" (2011)
Imagem: Reprodução

"Transformers: O Lado Oculto da Lua" (2011)

O terceiro filme começa em 1961, quando um artefato da civilização dos Transformers conhecido como "a arca" veio parar no lado oculto da Lua, um impacto que foi detectado pelo governo americano e motivou a missão espacial que resultou na aterrissagem de Neil Armstrong no nosso satélite natural, em 1969.

A tal "arca" é a chave para a trama no presente. Dois anos depois dos eventos de "A Vingança dos Derrotados", Autobots descobrem evidências da existência da arca e viajam para a Lua, onde encontram Sentinel Prime, predecessor de Optimus na liderança do grupo, e o revivem. A arca também contém pilares capazes de tele-transportar planetas inteiros através do universo.

Sam, que está na faculdade e tem uma nova namorada, Carly (Rosie Huntington-Whiteley), acaba descobrindo que os Decepticons planejaram para que os Autobots achassem Sentinel Prime, e que o ex-líder dos robôs "do bem" estava na verdade conspirando com Megatron para trazer o planeta natal dos Transformers para o sistema solar e destruir a Terra.

Os Decepticons parecem ganhar o jogo desta vez, exilando os Autobots e aparentemente os matando, mas no meio do teletransporte dos planetas Optimus Prime se revela e mais uma épica batalha, desta vez em Chicago, termina com a morte de Megatron (novamente) e Sentinel Prime.

Cena de "Transformers: A Era da Extinção" (2014) - Reprodução - Reprodução
Cena de "Transformers: A Era da Extinção" (2014)
Imagem: Reprodução

"Transformers: A Era da Extinção" (2014)

A abertura do quarto filme da franquia, primeiro sem a participação de Sam, estabelece um novo precedente: antes de tudo o que já sabemos sobre a civilização dos Transformers, a Terra foi criada por seres mitológicos que usaram um material conhecido como "Transformium" para formar a superfície. No presente, governos ao redor do mundo começam a escavar este material e usá-lo para criar novos Transformers e outros dispositivos.

Cinco anos após os eventos do terceiro filme, a humanidade passou a desconfiar dos Transformers que restaram na Terra, e uma organização secreta conhecida como Cemetery Winds os caça e mata ao redor do mundo, usando suas peças para produzir, junto com a multinacional K.S.I., soldados Trasnformers obedientes ao governo.

Tanto o governo quanto o caçador de recompensas robótico Lockdown estão atrás de Optimus Prime, que está escondido no México e é encontrado por Cade (Mark Wahlberg), um inventor lutando para prover para a sua filha, Tessa (Nicola Peltz).

Em meio a batalha que se segue, descobrimos que um dos Transformers criados pelo governo é na verdade Megatron, mais uma vez revivido e planejando dominar a Terra. Com a ajuda de um grupo de robôs em formato de dinossauro, os Dinobots, os "mocinhos" triunfam mais uma vez, e Megatron recua, prometendo voltar.

O filme termina com Optimus Prime indo para o espaço à procura dos Criadores, os tais seres mitológicos que criaram a Terra.

Cena de "Transformers: O Último Cavaleiro" (2017) - Divulgação - Divulgação
Cena de "Transformers: O Último Cavaleiro" (2017)
Imagem: Divulgação

"Transformers: O Último Cavaleiro" (2017)

O flashback desta vez é para 484 depois de Cristo, adicionando mais um capítulo na história dos Transformers na Terra. Desta vez, eles ajudam o Rei Arthur e o mago Merlin a vencer a guerra contra os saxões, mas avisam o poderoso feiticeiro que um "grande mal" virá atrás do cajado mágico que dão a ele.

No presente, um ano se passou desde os eventos do quarto filme, e Optimus Prime chega às ruínas do antigo planeta dos Transformers, onde conhece Quintessa, que alega ser sua criadora e o culpa pela destruição do planeta. Optimus é convencido por ela a ajudar em um plano para drenar a vida na Terra a fim de reviver o seu planeta natal.

Enquanto isso, a guerra entre Transformers e humanos segue na Terra, e Cade se junta com a jovem Izabella (Isabela Moner), o pesquisador Sir Edmund (Anthony Hopkins) e a professora Vivienne Wembley (Laura Haddock), última descendente de Merlin viva, para localizar o cajado mágico e trazer paz para o planeta.

Quando eles conseguem encontrar o artefato, Optimus Prime volta para a Terra. Sob as ordens de Quintessa, ele tenta usar o cajado para destruir a Terra e reviver o seu planeta, mas Bumblebee consegue quebrar a lavagem cerebral da vilã e Optimus volta a lutar ao lado dos heróis. Após derrotar os Decepticons mais uma vez, os Transformers deixam a Terra e optam por tentar reconstruir o seu planeta com as próprias mãos.