PUBLICIDADE
Topo

Fotógrafa badalada está bombando Instagram de Ivete Sangalo com retratos de famosos

Luisa Dörr/Instagram/Reprodução
Imagem: Luisa Dörr/Instagram/Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

18/12/2018 04h00

Entre as fotos de bastidores e apresentações de Ivete Sangalo, o Instagram da cantora baiana ganhou alguns retratos interessantes nas últimas semanas. Preta Gil, Luciano Huck, Lázaro Ramos, Gilberto Gil e Serginho Groisman são alguns dos nomes que foram retratados pela fotógrafa Luisa Dörr, que viajou por três cidades durante 20 dias para registrar 23 rostos de pessoas que foram importantes ao longo dos 25 anos de carreira da cantora.

Junto de cada imagem no Instagram, Ivete Sangalo acrescenta uma breve reflexão sobre o personagem. A escolhida para captar as imagens tem um histórico invejável como retratista. Recentemente, Luisa Dörr liderou o projeto multimídia "Firsts", da revista Time, onde fotografou mulheres como Selena Gomez, Hillary Clinton e Serena Williams. Nesta empreitada, chamada de "Ivete Feat Brasil", a fotógrafa foi atrás dos personagens em busca de retratos com pouca produção e que mostrassem certa informalidade.

"Normalmente fazíamos as fotos onde a pessoa trabalhava, num café, ou até mesmo na rua, no horário disponível dos retratados. Buscamos retratar estas pessoas da maneira mais simples possível, luz ambiente, cenário disponível, queríamos que ficasse sincero, sem produção, diferente do que a maioria destas pessoas estão acostumadas", disse Luisa ao UOL.

Entre os retratos que fez ao longo dos 20 dias, sua favorita acabou sendo a de Preta Gil. "Poucas pessoas abriram a casa como a Preta. Foi disparada a pessoa que mais me deu tempo. Fizemos alguns cliques na casa do [Gilberto] Gil, onde ela estava se arrumando. Descemos na praia e luz mágica apareceu. Foi lindo".

Luisa Dörr e Gilberto Gil - Instagram/Reprodução - Instagram/Reprodução
Imagem: Instagram/Reprodução

O próprio pai da cantora Preta Gil também foi um dos escolhidos para o projeto. "A foto do Gilberto Gil é muito simples, fiquei sem jeito de pedir para ele cruzar as pernas. Estava muito cuidadosa com ele", disse Luisa, que neste caso permitiu-se pegar um autógrafo e pular pro outro lado da lente para ter uma foto com o cantor.

"De uma maneira geral foi muito gratificante retratar estes personagens. Cresci vendo muitas destas pessoas na televisão, revistas, revistas. Foi muito legal saber que a grande maioria deles nos recebeu de uma maneira humilde e que no final são 'gente como a gente'".

Histórias em um clique

Na história da fotografia, os retratos passaram de um item caro e símbolo de status da elite no passado para um ato corriqueiro que inunda as timelines desta geração. Tamanha facilidade de fazer um registro no smartphone faz com que profissionais como Luisa Dörr tenham que se empenhar mais e mais para destacar seus resultados em projetos como o de Ivete Sangalo.

"Procuro sempre pesquisar [os personagens], ler um pouco da história, ver ângulos que a pessoa fica bem. Mas frente a frente a história muda. Para mim, o segredo é ter empatia pelo próximo e tentar enxergar apenas um ser humano na minha frente e dar o meu melhor dentro das condições de trabalho que tenho", explicou. "Fazer retrato foi a maneira que descobri de contar histórias, o que me agrada muito. Mas nem sempre um retrato bonito para mim agrada o retratado. Estamos cada vez mais exigentes neste mundo que vive de imagem, então é delicado. Procuro seguir a minha estética, mas sempre dou ouvidos a quem estou fotografando, assim todos ficam satisfeitos".

O convite para o projeto surgiu para Luisa Dörr por meio da agência AKQA. "Acho que ficamos uns 5 meses conversando até que se tornou real. "Acho uma maneira muito interessante de falar de si mesma sem se mostrar, concluiu.

"Sobre a escolha da Luisa, ela foi pensada desde o início. Todos da agência e da equipe da Ivete admiram a sensibilidade do olhar dela como fotógrafa. E, além de tudo, da primeira conversa até a execução, a sintonia de trabalho com a Luisa foi muito grande. O resultado não poderia ser melhor", explicaram Maurício Dias e Murilo Santos, criativos da AKQA.