Topo

"Resistam sempre", clama Pabllo Vittar em lançamento de série "Super Drags"

Leo Franco/AgNews
Pabllo Vittar em show de lançamento da série ?Super Drags?, da Netflix Imagem: Leo Franco/AgNews

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

30/10/2018 23h07

Pabllo Vittar fez um apelo durante o show de lançamento da série “Super Drags”, da Netflix, se voltando para plateia e pedindo resistência.

“Resistam sempre! Não deixem que ninguém cale os sonhos de vocês. A gente já fiz isso há tanto tempo. Amo vocês!”, declarou a drag queen ao fim de sua apresentação, sendo ovacionada pelo público.

A palavra resistência ganhou novo significado para a comunidade LGBTQ+ neste domingo (28), após a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais.

O presidente eleito já se posicionou diversas vezes contra a comunidade e, por causa disso, sua eleição gerou reações como o movimento “Se fere minha existência, serei resistência”.

O evento da Netflix foi recheado de música e alegria, com pessoas pulando, vibrando e celebrando a diversidade. Além da apresentação de Pabllo, a festa, comanda por Silvetty Montilla, contou ainda com dois desfiles de queen e apresentações de drags como Alexia Twitster.

Mas nos bastidores, o medo e as incertezas sobre o futuro governo Jair Bolsonaro ainda se faziam presente.

“Vai mudar muita coisa, a classe tem que se unir. Os homofóbicos incubados vão aproveitar agora pra ser quem eles sempre quiseram. Hoje em dia com a eleição do Bolsonaro eles vão tirar as máscaras”, diz a drag queen Kimberley Bay.

“Acordei com os fogos. Me assustou um pouco porque moro na periferia e lá que o lugar que ele mais ataca, que é pobre, negro, LGBT, estavam comemorando a vitória dele. As pessoas não pararam para pensar. Além de eu ser drag sou trans. O meu medo é diário, só que hoje em dia aumentou pelo fato de ele ter dado a liberdade das pessoas fazerem o que querem”, declara Brunessa Lopes.

Guilherme Machado
A drag Brunessa durante lançamento da série "Super Drags" Imagem: Guilherme Machado

Drags heroínas

Na nove série de animação da Netflix, que estreia no dia 9 de novembro, um trio de drag queens —Scarlett, Lemon, Safira— com superpoderes que lutam contra as forças do mal.

“Abre a mente da sociedade. É uma diversão. É ver que drag é uma alegria e não aquela coisa bizarra que a sociedade pinta. Acho bacana, acho que vai dar super certo”, afirma Kimberley.

Vale lembrar que a série "Super Drags", que tem personagem dublada por Pabllo, já havia causado polêmica este ano. Em julho, a Sociedade Brasileira de Pediatria e o Ministério Público de Minas Gerais se manifestaram contra a produção, que é direcionada ao público adulto.

Mais Pop