Topo

Entretenimento

Rose McGowan convenceu namorada a denunciar a amiga Asia Argento para a polícia

Gary Gershoff/Getty Images for Housing Works
A atriz Rose McGowan participa de evento em Nova York, em abril de 2016 Imagem: Gary Gershoff/Getty Images for Housing Works

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

27/08/2018 18h44

Rose McGowan, uma das principais defensoras do movimento #MeToo, falou pela primeira vez sobre o caso de Asia Argento desde a divulgação de mensagens que apontam que Asia teve relação sexual com Jimmy Bennett, um adolescente na época do caso.

A atriz não escondeu que era muito amiga da acusada de assédio sexual, e afirmou que Rain Dove, sua atual namorada e com quem Asia conversa nas mensagens divulgadas pelo "TMZ", entregou os textos para a polícia. 

Leia mais:

"Rain ainda compartilha que Asia vinha recebendo nudes indesejados de Jimmy desde quando ele tinha 12 anos. Asia menciona nessas mensagens que ela não tomou nenhuma ação contra as fotos. Não falou com as autoridades, nem com os pais ou bloqueou Jimmy nas redes sociais. Nem mesmo uma simples mensagem, 'Não me mande essas fotos. Elas são inapropriadas'", lembrou McGowan em comunicado enviado para o "TheWrap".

A imagem publicada pelo TMZ na semana passada mostra Asia e Jimmy na cama, aparentemente sem roupas, deitados juntinhos sobre um travesseiro. Nas leis da Califórnia, onde se encontraram em 2013, é um crime para um adulto ter uma relação sexual com uma pessoa menor de 18 anos.

Reprodução/TMZ
Asia Argento e Jimmy Bennett Imagem: Reprodução/TMZ

Rain Dove conversou com McGowan sobre as mensagens, e foi aconselhada pela namorada a procurar a polícia. "O choque foi perceber que tudo que o movimento #MeToo lutou a favor poderia ser colocado em cheque. Uma hora após nossa conversa, Rain confirmou que elas entregaram os textos para a polícia. Quase 48 horas depois, as mensagens foram parar na imprensa".

Logo após Anthony Bourdain morrer, a viúva Asia foi com as amigas Rose McGowan e Rain Dove para Berlim. Ela revelou que vinha sendo chantageada por causa de uma imagem, mas McGowan garante que não sabia que se tratava justamente deste caso.

"Neste momento talvez seja mais fácil focar no drama da situação. A conspiração. Mas o foco real deveria ser apoiar a Justiça. Apoiar a honestidade. E apoiar um ou outro. Não podemos deixar esse momento quebrar um movimento que tem ajudado tantas pessoas", escreveu a atriz, antes de se dirigir diretamente para Asia.

"Asia, você foi minha amiga. Eu a amei. Você arriscou muito para ficar ao meu lado no movimento #MeToo. Eu realmente espero que você encontre seu caminho no meio desse processo de reabilitação. Todos podem ser melhores. Espero que você consiga, também .Faça a coisa certa. Seja justa. Deixa a justiça seguir o seu rumo. Seja a pessoa que você gostaria que Harvey [Weinstein] tivesse sido", concluiu.

Tanto Rose McGowan e Asia Argento revelaram que foram abusadas por Harvey Weinstein há alguns anos. A dupla se juntou a mais de 100 vozes que denunciaram o magnata de Hollywood. 

Mais Entretenimento