Topo

Filmes e séries

Jimmy Bennett diz que omitiu ter sofrido assédio de Asia Argento por vergonha e medo

Reprodução
O ator Jimmy Bennett acusa a atriz Asia Argento de abuso sexual Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

22/08/2018 17h52

Jimmy Bennett, ator que alega ter sido assediado sexualmente por Asia Argento quando tinha 17 anos, explicou por que nunca foi a público comentar o caso ocorrido em 2013. "Eu não falei inicialmente sobre minha história porque preferi resolver o assunto de forma privada com a pessoa que me violentou", disse ele em um comunicado enviado ao jornal "The Hollywood Reporter".

"Meu trauma voltou quando ela apareceu como vítima. Eu não fiz uma declaração pública nos últimos dias porque estava envergonhado e com medo de fazer parte de uma narrativa pública", completou Jimmy, que hoje tem 22 anos.

A declaração dele surge alguns dias após o "The New York Times" revelar que a atriz pagou secretamente o jovem após ser acusada de assédio. Argento deu o dinheiro a Jimmy em novembro de 2017, mesmo mês em que declarou ter sofrido assédio do magnata Harvey Weinstein.

"Eu era menor de idade quando o caso aconteceu", escreveu Jimmy. "E eu tentei buscar a justiça de uma forma que fizesse sentido na época, porque eu não estava pronto para lidar com ramificações desta história em ambiente público. Na época ainda havia um estigma em nossa sociedade sobre o tema, e não pensei que as pessoas entenderiam o que aconteceu pelos olhos de um adolescente".

"Eu tive que lidar com muitas adversidades em minha vida, e esta é outra que vou ter que lidar, ao seu tempo. Eu gostaria de esquecer este evento em minha vida, e hoje escolhi seguir em frente, não mais em silêncio", completou.

Reprodução/TMZ
Asia Argento e Jimmy Bennett na foto supostamente pós-sexo Imagem: Reprodução/TMZ

Leia mais:

Foto e mensagens vazadas

O site TMZ revelou uma foto em que Asia aparece com Jimmy, aparentemente deitados em uma cama. Nas leis da Califórnia, onde se encontraram em 2013, é considerado crime que um adulto tenha relação sexual com uma pessoa menor de 18 anos, que era o caso de Jimmy na época. 

Como Bennett procurou Asia em abril, ameaçando tomar medidas legais contra ela e alegando ter sido abusado sexualmente, a então namorada do chef e apresentador Anthony Bourdain aceitou pagar US$ 380 mil ao rapaz para evitar que o caso viesse a público.

Asia soltou um comunicado na terça-feira, dizendo que nunca teve "qualquer relação sexual com Bennett".

Mas o TMZ também publicou imagens de um suposto desabafo da atriz italiana com uma amiga em um aplicativo de mensagens, em que ela fala que, se for demitida, quer se isolar em lugares como Brasil ou Etiópia.

Reprodução/TMZ
Mensagens de Asia Argento, segundo o TMZ, mostram ela admitindo sexo e falando em uma mudança para África ou Amazônia. Imagem: Reprodução/TMZ

A atriz diz em uma das mensagens: "Não fui estuprada, mas fiquei congelada. Ele estava em cima de mim. Depois, me disse que eu era sua fantasia sexual desde que ele tinha 12 anos". Ela ainda acrescentou: "Ele me escreveu depois e ficou me mandando nudes que eu não tinha pedido, todos esses anos, antes da carta ao advogado."

Em outra mensagem, ela diz: "Eu fiz sexo com ele e foi estranho. Eu não sabia que ele era menor até chegar a carta". Sobre as fotos, não há grandes preocupações. "Dá para ver meus seios. Isso é tudo. Não significa nada." Asia ainda relembrou à amiga de quando tinha 17 anos e se relacionava com um homem de 33. 

Asia diz que foi extorquida por Bennett e explicou por que não o denunciou: “Eu não reportei porque sempre me senti mal por esse ator-criança fracassado de Hollywood. Tenho 80 páginas sobre ele de um investigador que Anthony [Bourdain] contratou. E todos os e-mails do Anthony me pressionando a aceitar o pagamento."

O caso de Asia Argento ganhou contornos mais polêmicos por ela ser uma das principais denunciantes do produtor Harvey Weinstein por assédio sexual. A polícia de Los Angeles ainda coleta informações para concluir se abrirá uma investigação oficial do caso.