Topo

Entretenimento


Asia Argento nega ter se relacionado sexualmente com ator que a acusou de abuso

Neilson Barnard/Getty Images
Asia Argento e Anthony Bourdain em foto de 2017 Imagem: Neilson Barnard/Getty Images

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo*

21/08/2018 12h37

A atriz Asia Argento negou que tenha mantido relações sexuais com o ator Jimmy Bennett quando ele ainda era menor de idade e afirmou ainda que a ideia de fazer um acordo financeiro com ele contou com a participação de seu então namorado, o apresentador e chef Anthony Bourdain.

"Eu nego e rechaço o conteúdo do artigo publicado no 'New York Times' que circula em vários veículos internacionais", afirmou a atriz de 42 anos em comunicado divulgado à imprensa e confirmado por seus representantes à agência AFP. "Jamais mantive relações sexuais com Bennett", completou.

Leia também

No último domingo, o jornal "The New York Times" revelou em reportagem que Argento fez um acordo de US$ 380 mil com o ator e músico Jimmy Bennet, que alega ter sido abusado sexualmente pela atriz em 2013, em um hotel na Califórnia. Bennett tinha 17 anos no momento do suposto incidente com a atriz, que na época tinha 37. A idade legal de consentimento para uma relação sexual na Califórnia é 18 anos. 

Em seu comunicado, Argento disse permaneceu em contato com Bennet "por vários anos, somente por amizade" -- os dois trabalharam juntos no filme "Maldito Coração", de 2004. Segundo a atriz, a amizade chegou ao fim quando o ator "inesperadamente exigiu uma quantia exorbitante de dinheiro", após ela ganhar projeção como uma das principais acusadoras do megaprodutor Harvey Weinstein. Na época, afirma ela, Bennet  enfrentava "severos problemas financeiros" e havia processado a própria família, pedindo uma indenização milionária.

Argento ainda citou a reputação de Bourdain como um dos fatores que teria atraído Bennet: "Ele sabia que meu namorado, Anthony Bourdain, era tido como um homem muito rico e tinha uma reputação a proteger, como uma figura muito amada pelo público".

O chef e apresentador, então, teria insistido para que o assunto fosse tratado "em particular". "Anthony tinha medo da possível repercussão negativa que tal pessoa, que ele considerava perigosa, poderia trazer sobre nós", escreveu a atriz. Os dois teriam decidido então pagar o rapaz: "Anthony se encarregou pessoalmente de ajudar Bennet financeiramente, sob a condição de que não teríamos mais intrusões em nossas vidas". 

Ela encerrou sua declaração chamado as alegações de abuso de "falsas" e disse que tomará as medidas necessárias para sua proteção. 

*Com informações da agência AFP

Mais Entretenimento