PUBLICIDADE
Topo

"Aprendi que essa doença não desaparece com o tempo", diz Demi Lovato

A cantora Demi Lovato, que foi internada às pressas - Carlo Allegri/Reuters
A cantora Demi Lovato, que foi internada às pressas Imagem: Carlo Allegri/Reuters

Lello Lopes

Do UOL, em São Paulo

05/08/2018 18h35

A cantora Demi Lovato usou as redes sociais neste domingo (5) para ser manifestar pela primeira vez desde que foi internada com uma overdose. Em comunicado, ela agradeceu o carinho dos fãs e o cuidado da família. E reconheceu que aprendeu que "esta doença não desaparece com o tempo".

Por fim, Demi mandou um recado que confortou os seus milhões de fãs. "Vou continuar lutando". 

"Sempre fui transparente sobre a minha jornada no vício. O que aprendi é que esta doença não é algo que desaparece ou se apaga com o tempo. É algo que eu preciso continuar superando e eu ainda não fiz. Eu quero agradecer a Deus por me manter viva e bem. Aos meus fãs, eu serei eternamente grata por todo o amor e o apoio que recebi nas últimas semanas. O seus pensamentos positivos e preces me ajudaram a navegar nestes tempos difíceis", escreveu Demi.

"Quero agradecer a minha família, meu time e a equipe do (hospital) Cedars-Sinai que estiveram ao meu lado todo este tempo. Sem eles eu não estaria aqui escrevendo esta carta para vocês. Agora eu preciso de tempo para me curar e focar na sobriedade e no caminho da minha recuperação. Eu nunca esquecerei o amor que todos vocês mostraram por mim e estou ansiosa para chegar o dia em que poderei dizer que saí do outro lado. Eu continuarei lutando", completou.

Ainda não existe previsão de quando Demi deixará o hospital de Los Angeles, nos Estados Unidos. De acordo com pessoas ouvidas pela imprensa norte-americana, a cantora já concordou em seguir para a reabilitação após receber alta.

Demi Lovato foi encontrada por uma assistente desacordada na própria cama por volta das 11h30 (horário de Los Angeles) do dia 24 de julho. Ela havia voltado de uma festa que virou a noite. A gravidade da overdose deixou a cantora próxima da morte, segundo fonte ouvida pelo "TMZ", que afirmou que o socorro foi prestado em um momento crucial.

Ainda não se sabe o que causou a overdose. A princípio falou-se em heroína, mas a informação foi desmentida. Demi foi medicada com Narcan, geralmente usado para rebater os efeitos de opióides. Demi e sua equipe se recusaram a dizer o que foi usado pela cantora, que permanece internada se recuperando junto à família.

Passado de dependência

A artista de 25 anos, ex-estrela mirim da Disney, tem lutado contra o vício em substâncias ilícitas há anos, inclusive passando por clínicas de reabilitação.

Em um documentário do YouTube que estreou no ano passado, chamado "Simply Complicated", Demi se abriu sobre o seu passado de dependência química, que começou quando ela tinha 17 anos e estrelava a série "Sunny entre Estrelas", do Disney Channel.

"Eu perdi o controle já na primeira vez que usei [drogas]. Meu pai era viciado e alcoólatra. Acredito que eu sempre tive curiosidade de saber o que ele sentia ao usar drogas e álcool, já que isso o dominava e o fez abandonar a família", diz Demi em um dos trechos do documentário.

No mês passado, a artista lançou uma música chamada "Sober", na qual canta sobre ter voltado a consumir substâncias e pede desculpas a familiares e amigos, prometendo se recuperar.

"Mamãe, me desculpe por eu não estar mais sóbria / E papai, por favor, me perdoe pelas bebidas derramadas no chão. Eu sinto muito / Eu não estou mais sóbria", diz ela na letra da canção. Durante sua apresentação no Rock in Rio Lisboa, logo depois do show de Anitta, ela se emocionou ao cantar "Sober".

Shows no Brasil

Demi Lovato se apresentou no último domingo, ao lado da rapper Iggy Azalea, em um evento em Paso de Robles, na Califórnia. O próximo show aconteceria nesta quinta-feira (26) em Atlantic City, mas a apresentação já foi cancelada.

A cantora também tem quatro shows marcados no Brasil para novembro. Procurada pelo UOL, a organização da turnê no país informou que já pediu um posicionamento oficial à equipe da artista sobre as apresentações. Inicialmente, ela viria para a América do Sul em abril, mas adiou toda a turnê por "problemas de produção". 

Apaixonada pelo Brasil e pelos fãs brasileiros, Demi já fez oito passagens por aqui. A última delas aconteceu em julho de 2017, quando a norte-americana encerrou o VillaMix Festival Goiânia. O jogador de futebol Neymar, que é amigo da cantora, acompanhou o show de Goiânia em um camarote.

Demi Lovato também já namorou com o lutador brasileiro de MMA Guilherme Bomba.