Topo

Geek


Ator de Smallville ficou em choque quando soube do culto sexual de Allison Mack

Allison Mack - Reprodução
Allison Mack Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

25/07/2018 16h58

Michael Rosenbaum, o Lex Lutthor de "Smallville", falou pela primeira vez sobre o polêmico culto sexual da sua ex-colega de elenco, Allison Mack.

"Eu escolhi não falar apenas porque é chocante demais. O que eu posso falar é isso: quando estava na série, Allison foi a [pessoa] mais gentil e profissional. Ela era uma garota ótima, uma grande atriz", disse o ator no podcast "This  Past Weekend".

Leia mais:

Controle mental: Como o culto sexual de atriz de Smallville atraía vítimas
Seita sexual de Allison Mack envolvia contrabando humano, dizem promotores
Acusada de tráfico sexual, atriz de "Smallville" deixa prisão após pagar US$ 5 mi

Ele completou. "Eu me lembro que ela fazia parte de algo, que era diferente do que é agora, mas eu lembro dela falando alguma coisa, sobre uma organização. Mas, enfim, não prestei muita atenção".

Michael Rosenbaum como Lex Luthor em "Smallville" - Reprodução
Michael Rosenbaum como Lex Luthor em "Smallville"
Imagem: Reprodução

No começo deste ano, Allison Mack, que fez Chloe Sullivan na série sobre as aventuras do jovem Superman, foi presa por se envolver com tráfico sexual. Ela fazia parte do grupo Nxivm, acusado de ser um culto sexual secreto. 

De acordo com a revista "Variety", as mulheres selecionadas passavam por um ritual de passagem. Elas eram marcadas na região pélvica com uma caneta de cauterização. As marcas eram as iniciais KR (Keith Raniere, líder da organização) ou AM (Allison Mack).

Durante o procedimento, as pessoas da seita geralmente colocavam suas mãos sobre seu peito e diziam frases como: "sinta a dor" e "pense no seu mestre". Nuas, elas faziam um voto de lealdade ao seu guru. Sua submissão era reforçada com fotos nuas que eram guardadas pelo grupo.

Mack foi liberada após pagar uma fiança de US$ 5 milhões. Um juiz magistrado dos Estados Unidos soltou a atriz após seus pais colocarem a casa da família em Los Alamitos, na Califórnia (EUA), como garantia e ela concordar em morar com seus pais sob prisão domiciliar.

A atriz Allison Mack deixa corte em Nova York acompanhada do advogado - Brendan McDermid/Reuters
A atriz Allison Mack deixa corte em Nova York acompanhada do advogado
Imagem: Brendan McDermid/Reuters