PUBLICIDADE
Topo

Dennis Quaid diz que usava cocaína todos os dias e estúdios colocavam no orçamento

Slaven Vlasic/Getty Images
Imagem: Slaven Vlasic/Getty Images

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

23/07/2018 08h17

O ator Dennis Quaid, famoso por filmes como "Viagem Insólita" e "Alta Frequência", admitiu um vício pesado em cocaína nos anos 1980. Ele afirmou que usava a droga todos os dias e que a relação com ela era diferente naquele tempo, ao ponto de estúdios de cinema a colocarem em seus orçamentos.

Quaid deu uma entrevista reveladora ao programa "Megyn Kelly Today", da apresentadora de mesmo nome, que deve ir ao ar nesta segunda-feira. O "Daily Mail" reproduziu trecho em vídeo da entrevista em que o ator faz a confissão.

“Cresci nos anos 60 e 70 e se tinha uma relação bem diferente em relação às drogas. Até no orçamento dos filmes! Continuei usando”, disse o ator.

LEIA TAMBÉM

"Eu estava usando cocaína, basicamente, em uma rotina diária, durante os anos 1980. Passei muitas e muitas noites gritando para Deus, para que tirasse aquilo de mim, que eu nunca faria aquilo de novo e que só tinha uma hora até ter que ir para o trabalho. Umas quatro da tarde, eu pensava: 'não estou tão ruim'", adicionou Quaid. "Eu tive visões em que me via morto, ou perdendo tudo o que tinha."

Além disso, ele falou sobre seu relacionamento com Meg Ryan e o classificou como o de "maior sucesso que tive na vida". No entanto, ele disse que, enquanto a carreira dela decolava e a sua estava empacada, ele se sentia menor. "Eu não sabia que eu era um cara tão 'pequeno'. Mas eu era. Foi uma oportunidade de crescer, e eu aprendi depois disso".