PUBLICIDADE
Topo

Mistério e cena inédita: como foi a Comic-Con de "Mulher-Maravilha 1984"

Gal Gadot brinca com o telefone celular no painel de "Mulher-Maravilha 1984" na San Diego Comic-Con 2018 - Chris Delmas/AFP
Gal Gadot brinca com o telefone celular no painel de "Mulher-Maravilha 1984" na San Diego Comic-Con 2018 Imagem: Chris Delmas/AFP

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

21/07/2018 16h06

Os fãs que lotaram neste sábado o painel da Warner na San Diego Comic-Con 2018 puderam ver uma prévia de "Mulher-Maravilha 1984", apenas três semanas após o início das filmagens. 

Jornalistas presentes no local reportam que o vídeo começa com a Mulher-Maravilha (Gal Gadot) lutando contra dois homens armados dentro de um shopping center, em algum momento dos anos 80 (como pode ser visto pelas roupas das pessoas ao redor). Após proteger uma garotinha, a heroína bate nos dois homens e os amarra com o seu icônico laço da verdade.

Leia também

O uniforme da Mulher-Maravilha não passou por nenhuma mudança drástica entre o primeiro filme, do ano passado, e o segundo, que estreia em 2019.  Os efeitos especiais da cena mostrada pareciam inacabados, mas a coreografia da luta funcionou para os fãs presentes no evento.

Além de Gadot e da diretora Patty Jenkins, que retorna após o sucesso do primeiro filme, quem subiu ao palco para conversar com os fãs foi o ator Chris Pine. Mas quem esperava alguma revelação sobre como Steve Trevor se encaixa no filme se frustrou. Ninguém revelou como o personagem aparecerá no longa, já que ele (aparentemente) morreu no final do primeiro filme, que se passa mais de 60 anos antes de "Mulher-Maravilha 1984".

A diretora Patty Jenkis e os atores Chris Pine e Gal Gadot durante o painel de "Mulher Maravilha 1984", na San Diego Comic-Con - Chris Pizzello/Invision/AP - Chris Pizzello/Invision/AP
A diretora Patty Jenkis e os atores Chris Pine e Gal Gadot durante o painel de "Mulher Maravilha 1984"
Imagem: Chris Pizzello/Invision/AP

"Na verdade agora eu não estou realmente aqui", brincou Pine. "Não posso falar nada sobre meu retorno", completou o ator. "Por que ele está de volta? Bem, estou ansiosa para que todo mundo veja o filme para descobrir. Essa é uma parte muito importante", completou Jenkins.
Sobre a escolha da ambientação nos anos 80, a cineasta ainda contou: "Aquela década mostrou a humanidade em seu melhor e em seu pior. Nós sabemos de coisas hoje em dia que não sabíamos nos anos 80, e é claro que existem coisas incríveis que foram feitas naquela época, mas coisas horríveis também. Foi uma época muito extrema". 

"Esse filme não é exatamente uma sequência, mas sim um capítulo completamente novo da história de Diana, uma história 100% nova", comentou Gal Gadot. "Eu realmente espero que vocês amem o que estamos fazendo tanto quanto nós amamos".

"O que eu mais amo sobre Mulher-Maravilha é que as pessoas, não importando o gênero, conseguem olhar para ela e se identificar de alguma forma", disse Patty Jenkins.

"Mulher-Maravilha 1984" chega aos cinemas em 31 de outubro de 2019.