Topo

Música

Público briga ao som de "Alma Gêmea" durante o show do Fábio Jr.

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

05/06/2018 10h19

O show que o cantor Fábio Jr. fez junto com o padre Fábio de Melo no último sábado (2), no Km De Vantagens Hall, no Rio de Janeiro, teve uma briga generalizada enquanto o cantor interpretava um de seus principais hits, "Alma Gêmea".

As imagens foram flagradas pela fã Agnes Marques, 19, e divulgadas no Twitter. A briga envolveu cerca de cinco pessoas que trocaram socos e chutes e teria começado após um deles subir em cima de uma das cadeiras atrapalhando a visão dos outros.

"As pessoas começaram a levantar para ir para frente do palco. Um homem que estava atrás subiu na cadeira para tentar enxergar. As pessoas começaram a reclamar e alguém empurrou o rapaz da cadeira e ele caiu no chão. Foi aí que a briga começou e quem tentou apartar também apanhou", contou Agnes ao UOL, que disponibilizou o vídeo completo da gravação (assista acima).

De acordo com Agnes, Fábio Jr. em momento algum fez menção à briga e continuou o show normalmente por mais 30 minutos. Agnes disse que o padre Fábio de Melo estava ao lado da mesa da briga. "O padre cantou um pouco antes com o Fábio Jr. Depois ele desceu do palco e sentou ao lado da mesa dos brigões. Mas o padre não entrou na briga não", contou a jovem.

"O que eu achei mais curioso foi que a pessoas viram a briga e pareceram não se importar o que estava acontecendo. Todo mundo estava mais preocupado em cantar do que tentar separar", disse.

Em um outro momento do vídeo, ao tentar apartar a briga, uma pessoa joga água nos agressores. "Eu não tinha percebido a briga porque sou fã do artista. Foi a minha mãe que me mostrou".

LEIA TAMBÉM

Agnes disse que os brigões foram colocados para fora. Porém, alguns minutos depois, um casal voltou para a mesa e terminou de assistir ao show com bolsas de gelo no rosto.

Agnes, que é moradora do Méier, disse que o show foi um presente do dia das mães que ela deu para a sua mãe, de 56 anos. "Eu não sou fã do Fábio Jr., mas gosto das músicas dele. O primeiro show que vi na vida foi dele, quando tinha cinco anos de idade. Quis repetir agora com a minha mãe, mas eu gosto mesmo é do Luan Santana. Sou fã de sertanejo", completou.

No Twitter, a postagem da internauta viralizou e já chegou a 64 mil visualizações. No Facebook, uma outra fã, que também estava no show, escreveu que o público tinha acabado de ser abençoado pelo padre Fábio de Melo. "Depois de todos serem abençoados pelo Padre Fábio de Melo, que fez um participação no show, tivemos a participação da Plateia MMA, que se virou nos socos e chutes (...) Plenitude do Fabio Jr cantando 'Alma gêmea' e o povo se matando", escreveu a fã.

Em comunicado oficial, a T4F, empresa responsável pelo show, informou que "o ocorrido no show do cantor Fábio Jr. no último sábado no Rio de Janeiro, dia 02 de junho, se tratou de um caso isolado e controlado rapidamente pelos seguranças da casa de espetáculos, sendo que a apresentação seguiu normalmente".