Topo

Virada Cultural

Gabriel, O Pensador agita Virada com nova versão de hit polêmico: "Dei um tiro no Temer"

FEPESIL/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS
Show do cantor Gabriel O Pensador no Largo do Arouche Imagem: FEPESIL/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

20/05/2018 21h53

“Dei um tiro no Michel”. A frase se refere ao presidente da República, Michel Temer, e foi falada por Gabriel, o Pensador em sua música "Tô Feliz (Matei o Presidente) 2”, que abriu o show do rapper na Virada Cultural neste domingo (20), o último do palco Anos 90, no Largo do Arouche.

Na música, Gabriel atualiza letra escrita em 1993, quando a mira estava no ex-presidente Fernando Collor de Mello. Mas após "áudio e vídeo divulgados, crime escancarado", o rapper resolveu lançar este ano a segunda parte da canção, que teve destinatário escancarado durante a apresentação.

Leia mais

Entre esta e outras reflexões sociais, o rapper relembrou a emoção que sentiu ao saber que a música “Fé na Luta” convenceu uma garota do Tocantins a não cometer suicídio. Já no bis, Gabriel cantou a saga “Astronauta”, sobre os dilemas da vida na terra.

Mas, ao longo do show, também houve momentos mais românticos e descontraídos, como nas canções “Sufista Solitário” e “2345 meia 78”.

Muito à vontade no palco, Gabriel interagiu com o público, chamou fãs para cantarem com ele e improvisou rimas.

O público chacoalhou junto ao som das letras ferinas de Gabriel. “Estamos sempre na área. Se derrubar, é pênalti”, disse Gabriel no encerramento do show, que fechou com a política "Até Quando?"

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!