Topo

Filmes e séries


Em ano marcado pela força feminina, roupas das mulheres em Cannes ainda são tabu

Do UOL, em São Paulo

15/05/2018 04h00

O Festival de Cannes de 2018 tem como uma de suas metas promover a igualdade de gêneros no cinema. Não por acaso, a presidência do júri está a cargo da atriz Cate Blanchett, vencedora de dois Oscars. No sábado, ela reuniu 82 mulheres para uma marcha histórica contra o machismo na indústria cinematográfica. Na segunda, o festival se comprometeu a lutar pela igualdade de gênero.

Mas um assunto velho segue na pauta: a crítica às roupas usadas pelas mulheres no tapete vermelho.

Leia também:

A bola da vez é a modelo e socialite Kendall Jenner, que usou um vestido branco transparente antes da exibição do filme francês "Les Filles du Soleil" ("As Garotas do Sol", em tradução livre) no último sábado. Adepta do movimento Free The Nipple, Kendall desfilou sem sutiã, com os mamilos quase à mostra. O público, como pode ser visto no vídeo acima, parece se importar demais com o que as celebridades vestem.

O look foi muito mais comentado que o filme, que conta a história de um batalhão de mulheres curdas que lutam para recuperar a sua cidade de extremistas. O longa é dirigido pela cineasta Eva Husson e ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Arthur Mola/Invision/AP
Kendall Jenner no tapete vermelho do Festival de Cannes Imagem: Arthur Mola/Invision/AP