Topo

Livros e HQs

Escritor Rubem Alves tem agravamento nas funções renal e pulmonar

Do UOL, em São Paulo

18/07/2014 12h25

Internado há oito dias para tratar de uma pneumonia, o escritor Rubem Alves apresentou agravamento da função renal e da função pulmonar. A informação foi confirmada pelo cardiologista do Hospital Centro Médico de Campinas, Roberto Munimis, em boletim médico divulgado nesta sexta-feira (18).

Considerado um dos maiores pensadores contemporâneos da educação no Brasil, Alves está internado desde o dia 10 de julho na UTI, devido a uma insuficiência respiratória causada por uma pneumonia. O escritor, psicanalista, teólogo e educador de 80 anos continua respirando com aparelhos, sob sedação, e alimenta-se por sonda.

Na quinta-feira, a função pulmonar era considerada estável pelo cardiologista, embora a função renal já estivesse agravada. 

"Acreditamos na força do amor, da beleza, das orações e boas vibrações", dizia uma mensagem publicada no perfil do Instituto Rubem Alves no Facebook. "Vamos emanar nossas melhores energias e pensamentos para ele".

Veja a íntegra do boletim médico desta sexta-feira:

"Segundo o intensivista e cardiologista do Hospital Centro Médico de Campinas, Roberto Munimis, o paciente Rubem Alves apresenta agravamento da função renal e da função pulmonar. Rubem Alves deu entrada no Centro Médico de Campinas no dia 10 de julho de 2014 e desde então está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por apresentar insuficiência respiratória devido a uma pneumonia."

Biografia

Nascido em 15 de setembro de 1933 na cidade mineira de Dores da Boa Esperança, e autor de uma bibliografia de mais de 120 títulos, Rubem Alves é conhecido por sua grande contribuição à educação e por seus livros infantis.

Quando jovem estudou no seminário Presbiteriano do Sul, um dos mais conhecidos da América Latina, e tornou-se pastor de uma comunidade no interior de Minas Gerais. Acusado de subversivo pelo governo militar por pregar melhores condições de vida através da religião, e ficou exilado até 1968 nos Estados Unidos.

Em 1969 ingressou na Faculdade de Filosofia de Rio Claro, onde lecionou até 1974, quando foi para  a Filosofia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde fez a maior parte da sua carreira acadêmica até se aposentar nos primórdios da década de 1990. Fez um curso para formação em psicanálise nos anos 1980 e manteve sua clínica até 2004.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!