Entretenimento

Obras destinadas a exportação ilegal são apreendidas em Ubatuba (SP)

Divulgação/Polícia Federal
08.ago.2013 - Imagem divulgada pela Polícia Federal mostra obras e documentos dos períodos colonial e monárquico do Brasil apreendidos. Eles seriam exportados ilegalmente Imagem: Divulgação/Polícia Federal

Do UOL, em São Paulo

09/08/2013 17h08

A Polícia Federal apreendeu nesta quinta-feira (8) em Ubatuba (litoral de São Paulo) diversas obras literárias e artísticas que seriam exportadas ilegalmente. A maior parte dos itens são livros, com cerca de 200 itens, mas há também gravuras, desenhos, mapas do período colonial e monárquico brasileiro.

De acordo com a Lei nº 4845/1965, é proibida a saída do Brasil de obras desses períodos, exceto por motivo de intercâmbio cultural e com a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Segundo José Roberto de Macedo, delegado de Polícia Federal em São Sebastião, o comerciante que estava planejando a venda não foi preso, mas possui muitos outros materiais semelhantes em sua casa. Alguns deles não se encaixam no descrito pela Lei nº 4845/1965, como documentos em língua alemã, mas são classificados como itens de origem suspeita.

O delegado também explicou que o negociante não tinha autorização do Iphan para o comércio das obras, algo que todo comerciante precisa possuir.

Em 2012, a Polícia Federal já havia interceptado um livro que estava sendo mandado ilegalmente ao exterior remetido pelo mesmo comerciante.

Macedo explicou ainda que a Polícia investigará de quem o negociante comprou e para quem vendeu as obras através de notas fiscais, documentos e de dois computadores do próprio comerciante. O Iphan ajudará a analisar as obras apreendidas e a determinar de que período são e qual seu valor histórico e artístico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo