PUBLICIDADE
Topo

Hugh Jackman voltará à Broadway com nova versão de "Vendedor de Ilusões"

08.jun.2014 - Hugh Jackman se apresenta com elenco do musical "After Midnight" no Tony Awards 2014 no Radio City Music Hall, em Nova York - Getty Images
08.jun.2014 - Hugh Jackman se apresenta com elenco do musical "After Midnight" no Tony Awards 2014 no Radio City Music Hall, em Nova York Imagem: Getty Images

De Nova York (EUA)

13/03/2019 16h41

O ator australiano Hugh Jackman voltará à Broadway para colocar-se na pele do trapaceiro Harold Hill na nova versão do musical "Vendedor de Ilusões", um clássico da dramaturga Meredith Wilson, que estreará em 22 de outubro de 2020.

A obra, do produtor Scott Rudin, fará sua pré-estreia no próximo dia 9 de setembro no teatro Shubert na Broadway, de cujos palcos o ator que viveu Wolverine nos filmes da saga "X-Men" esteve ausente por vários anos.

O ator estreou na Broadway em 2003 com o musical "The Boy From Oz", que ficou em cartaz por um ano e lhe valeu um "Tony", principal prêmio do mundo do teatro nos Estados Unidos.

A nova versão de "Vendedor de Ilusões" será dirigida por Jerry Zaks e contará com uma coreografia de Warren Carlyle, ambos vencedores do Tony e que não se reuniam desde 2017, quando trabalharam na nova versão de "Hello, Dolly".

Em declarações ao site da revista "The Hollywood Reporter", Jackman afirmou que "Vendedor de Ilusões" foi o primeiro musical pelo qual se apaixonou quando ainda era um estudante na Austrália, em 1983, e acrescentou que provavelmente foi o momento no qual "a magia do teatro nasceu em mim".

"A ideia de trazer 'Vendedor de Ilusões' à Broadway esteve dando voltas na minha cabeça por muito tempo, talvez durante 35 anos. Quando Scott Rudin me ligou com essa boa ideia, fiquei boquiaberto", declarou o ator.

"Vendedor de Ilusões" estreou em 1957 no teatro Majestic, onde permaneceu por mais de três anos, com um elenco que incluía Robert Preston e Barbara Cook e ganhou seis Tony, inclusive o de melhor musical. Além disso, ganhou uma versão para o cinema em 1962.