Topo

Vingadores


Por que "Vingadores" faz tanto sucesso? Redes sociais e streaming explicam

Vingadores - Reprodução/YouTube
Vingadores Imagem: Reprodução/YouTube

Christopher Palmeri

30/04/2019 13h55

Como "Vingadores: Ultimato" bateu recordes de bilheteria em seu fim de semana de estreia? Segundo os diretores do filme, o sucesso foi impulsionado por alguns ingredientes-chave, como o burburinho das redes sociais e uma abordagem serializada do cinema.

Mas a popularidade dos serviços de streaming também ajudou, segundo Anthony e Joe Russo, os irmãos que dirigiram "Ultimato" e outros blockbusters do estúdio Marvel da Walt Disney. Apesar dos temores de que a Netflix e outras plataformas on-line diminuam o público dos filmes, os serviços de streaming podem ajudar a conquistar mais fãs para as franquias --e levá-las aos cinemas.

"Um está alimentando o outro", disse Joe Russo, de 47 anos, sobre o streaming de vídeo e a indústria cinematográfica. "Há simplesmente um vício em consumo de conteúdo. Esta geração quer um novo tipo de narrativa."

Os irmãos fizeram os comentários na segunda-feira em um painel na Conferência Global do Milken Institute, em Beverly Hills, Califórnia, dando dicas para cineastas interessados em replicar o sucesso de "Ultimato".

Veja trailer de "Vingadores: Ultimato"

UOL Entretenimento

Os irmãos dirigiram quatro filmes da Marvel, incluindo "Capitão América: O Soldado Invernal", que transportou o super-soldado de seu passado congelado para a era moderna. Com "Capitão América: Guerra Civil", convenceram o ator Robert Downey Jr. (de "Homem de Ferro") a interpretar um vilão, levando a lutas internas de super-heróis e a uma derrota no final de "Vingadores: Guerra do Infinito", lançado no ano passado.

"Você tem que se arriscar", disse Joe Russo. "Tem que surpreender o público. Eles vão dizer que gostam de sorvete de chocolate. Se você oferecer isso 15 vezes por semana, não vão mais."

Os irmãos têm 1,7 milhão de seguidores no Instagram e gostam de comentar sobre os projetos em que estão trabalhando - mas tentam não revelar muita coisa ou serem muito polêmicos.

"Gostamos de provocar os fãs", disse Joe Russo. "Damos pistas que são bem inescrutáveis. Não respondemos diretamente aos fãs, mas divulgamos informações sobre as quais podem conversar. Pessoas de todo o mundo podem conversar entre si instantaneamente. É possível alcançar milhões de pessoas em uma hora em todo o mundo."

Os estúdios de cinema costumavam escalonar os lançamentos em vários países, em parte devido a diferentes feriados e horários escolares. "Ultimato" estreou em quase todos os principais mercados praticamente ao mesmo tempo, criando um evento global que gerou expectativa sobre o filme e levou fãs aos cinemas em grupos --alguns até vestindo fantasias.

"É fundamental, por causa dessa experiência coletiva", disse Anthony Russo, de 49 anos. "Pode parecer um pouco como um show de rock, as multidões são muito vocais. É toda uma dimensão da experiência que não pode ser conseguida em casa."

Mais Vingadores