PUBLICIDADE
Topo

Preso, cantor R. Kelly se diz inocente e tem fiança fixada em US$ 1 milhão

O cantor americano R. Kelly - Mike Pont/Getty Images
O cantor americano R. Kelly Imagem: Mike Pont/Getty Images

De Chicago

25/02/2019 15h58

O cantor americano de R&B R. Kelly se declarou inocente hoje das dez acusações de abuso sexual a quatro pessoas, três delas menores de idade, que existem contra ele.

O artista se apresentou com um macacão laranja no tribunal de Chicago, onde seu advogado apresentou a declaração dias depois de Kelly, de 52 anos, ter sido detido.

O juiz manteve a fiança de US$ 1 milhão, da qual terá de pagar 10% - ou seja, US$ 100 mil dólares - para sair em liberdade.

O advogado do músico, Steve Greenberg, disse no sábado que Kelly não é tão rico quanto sua fama pode sugerir.

Kelly, conhecido por sucessos como "I Believe I Can Fly", se entregou na sexta-feira à noite à polícia de Chicago.

Sua detenção ocorreu depois de que o artista se viu novamente envolvido em um escândalo após o lançamento, no início do ano, de um documentário que o acusa de múltiplas agressões sexuais contra menores de 16 anos.

Em 2008 Kelly foi absolvido em um julgamento por acusações de pornografia infantil, também em Chicago.

A próxima audiência será em 22 de março.