Entretenimento

Alemanha divulga quadros de Picasso e Cézanne do "tesouro nazista"

AFP
Desenhos ou aquarelas de Picasso, Degas, Delacroix e Cezanne estão entre as 1.406 obras de arte encontrado em Munique Imagem: AFP

Da AFP, em Berlim

28/11/2013 12h17

A Alemanha divulgou na internet imagens de 101 desenhos ou aquarelas de Picasso, Degas, Delacroix e Cezanne que estão entre as 1.406 obras do tesouro artístico encontrado em Munique e do qual parte teria sido roubada de judeus durante o regime nazista. Também divulgou fotos de obras de Ingres e Rodin no site lostart.de.

Até o momento foram divulgadas 219 das 1.406 obras encontradas em fevereiro de 2012 no apartamento do idoso Cornelius Gurlitt, filho de um negociante de arte de passado duvidoso durante o nazismo.

O governo alemão anunciou que divulgaria progressivamente as fotos de 590 das 1.409 obras. Imagens de obras de Munch e Toulouse-Lautrec já haviam sido reveladas.

Em uma entrevista concedida à AFP em 22 de novembro, Nana Dix, neta do pintor alemão Otto Dix, que também tem obras no "tesouro nazista" de Munique, considerou "escandalosa" a atitude da Alemanha na espoliação de obras de arte durante o Terceiro Reich.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo