PUBLICIDADE
Topo

Novo disco de Gal Costa tem música com participação de Bethânia; veja letra

Gal Costa prepara lançamento de "Pele do Futuro" - Lucas Lima/UOL
Gal Costa prepara lançamento de "Pele do Futuro" Imagem: Lucas Lima/UOL
Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

11/09/2018 18h12

Aos poucos, a cantora Gal Costa apresenta as novidades de seu próximo álbum, "A Pele do Futuro", com lançamento marcado para ainda este mês.

Nesta terça (10), a coluna teve acesso a faixa "Minha Mãe", que terá a participação de Maria Bethânia. A letra e a música de César Lacerda e Jorge Mautner. A música conta com Pupillo (percussão), Mestrinho (acordeon), Pedro Baby (violão) e Carlos Trilha (rhodes e sintetizador).

Com direção artística de Marcus Preto e produção de Pupillo Oliveira (Nação Zumbi), o disco já teve os singles "Sublime" e  "Palavras no Corpo" divulgados. Músicas de Gilberto Gil, Hyldon, Adriana Calcanhotto, Djavan, Erasmo Carlos com Emicida, Guilherme Arantes, Nando Reis e da sertaneja Marilia Mendonça também entrarão no álbum.

"A Pele do Futuro" é o primeiro álbum de estúdio da cantora baiana desde Estratosférica (2015). Em 2017, Gal lançou um CD e DVD ao vivo desse mesmo trabalho. Em junho deste ano, lançou "Trinca de Ases", da turnê com Nando Reis e Gilberto Gil.

Veja abaixo a letra de "Minha Mãe" com participação de Maria Bethânia
(César Lacerda/Jorge Mautner)

Quando eu fico muito triste
Eu pego a fotografia da minha mãe
E aperto bem forte no meu peito

Minhas mãos param de tremer
Segurando a fotografia
E meu coração bate mais forte

Mas não é mais uma dor que eu sinto
Eu me transformo
Possuído de uma alegria que invade a mim
E todo esse recinto
E que não tem explicação

E eu choro de alegria
Rezando aos pés de Nossa Senhora Aparecida

Minha mãe me deu a vida
E sempre ela me dará a vida

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL