PUBLICIDADE
Topo

Skank, Natiruts, Gabriel e Raimundos: quem foi melhor no bolão da 1ª fase?

Adriana de Barros

Colunista de Música do UOL, onde atuou 20 anos na área de Entretenimento, com coordenação de coberturas em grandes festivais e do Carnaval. É curadora do edital 2020 Natura Musical e integrou o Superjúri 2019 do Prêmio Multishow. Eleita uma das cinco melhores jornalistas musicais do Brasil pelo WME Awards by Music2. Apresentadora do podcast Fala Zé na rádio Energia 97 ao lado de Zé Antônio Constantino e Hélio Cosmo Leite.

28/06/2018 01h14

Os músicos do Skank, Natiruts, Raimundos e o cantor Gabriel O Pensador participaram do bolão promovido pela coluna sobre o desempenho da seleção brasileira na primeira fase da Copa do Mundo.

Com exceção do Marquim, do Raimundos, todos estavam confiantes na classificação do Brasil.

Para a partida de estreia, Gabriel O Pensador queria uma goleada sobre a Suíça. Mas quem acertou que o jogo terminaria em empate foi Henrique Portugal, do Skank. No entanto, o tecladista não acertou o placar de 1 a 1, já que preferiu chutar 0 a 0.

No jogo contra a Costa Rica, Canisso, do Raimundos, mandou com firmeza o resultado de 2 a 0 e acertou na mosca.

Na última partida da primeira fase, que colocou o Brasil nas oitavas de final, três acertaram o resultado. Digão do Raimundos, Lello do Skank e Kiko Peres do Natiruts foram enfáticos ao apostar em 2 a 0 contra a Sérvia.

Conhecido pela paixão ao futebol, Samuel Rosa foi além dos jogos da primeira fase. O cantor do Skank sugeriu que o Brasil enfrentaria a Suécia na próxima segunda (2), mas a seleção de Tite vai ao campo contra o México.

O vocalista apostou ainda em uma possível final entre Brasil e Alemanha ou Brasil e Argentina. Com a eliminação prematura dos alemães e o chaveamento da próxima fase, o cantor não poderá mais acertar o palpite.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL