Topo

Coluna

Adriana de Barros

Clipe sobre orgasmo feminino da cantora Flaira Ferro é removido do YouTube

Divulgação
Clipe 'Coisa Mais Bonita', de Flaira Ferro, é removido do YouTube Imagem: Divulgação
Adriana de Barros

Adriana trabalha no UOL desde 2000, passou pelas rádios Mix FM, 97Rock e pela gravadora Sony Music.

15/03/2018 12h32Atualizada em 15/03/2018 17h50

O videoclipe "Coisa Mais Bonita" da cantora recifense Flaira Ferro, lançado essa semana, foi retirado do ar após uma notificação do YouTube. Após análise, a plataforma alegou que o vídeo traz conteúdo impróprio.

A produção reuniu oito mulheres, de diferentes idades, cores e jeitos, que mostram o ato da masturbação até o gozo. O vídeo, no entanto, não traz nenhuma cena de nudez, foca apenas no rosto das protagonistas.

FLAIRA FERRO - Coisa Mais Bonita (Clipe Official) from Mélissa Huart on Vimeo.

Para a coluna, a cantora diz que está tentando digerir isso tudo e considera um ato de censura e repressão à mulher. "Não tem nenhum tipo de sexualização. Se fosse um homem falando do desejo pela mulher, isso não teria essa repercussão", lamenta.

A letra da canção, de autoria de Flaira, fala sobre a importância do autoconhecimento feminino e que é possível proporcionar o próprio prazer. "O sucesso da repercussão foi grande e junto veio uma força reacionária e conservadora", diz Flaira. 

No final da tarde desta quinta (15), o clipe voltou a veicular no YouTube com o alerta: "Este vídeo pode ser impróprio para alguns utilizadores".

Veja abaixo a letra de "Coisa Mais Bonita":

Não tem coisa mais bonita
Nem coisa mais poderosa
Do que uma mulher que brilha
Do que uma mulher que goza 

Toda mulher que deseja
Acende a força erótica
que excita a criação

De suporte a mulher forte
Quem sabe a gente
muda a nossa sorte

Toda mulher que se toca
Instiga a auto estima
Estimula o botão

Mesmo que o mundo
se choque
O clitoris é antídoto
pra morte

Não me vem com tarja preta
Deixa livre a minha teta
Não me vem com tarja preta
Deixa livre a minha Bu...

Cê tá maluco
Ou entorpecido
Pela falsa ideia
De dominação

Cê tá esquecido
Mulher sem libido
Não tem natureza
Vira papelão

Homem de Armadura
Constrói prisão bélica 
De postura fálica
Perde o coração 

Homem de verdade
Enxerga beleza
Na mulher que é dona
Do próprio tesão
Na mulher que é dona
do próprio "não"!

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!